TV e Famosos

Personagem de Lilia Cabral será dona de bordel em "Liberdade, Liberdade"

João Cotta/TV Globo
Virgínia (Lilia Cabral) em "Liberdade, Liberdade" Imagem: João Cotta/TV Globo

Do UOL, no Rio

25/03/2016 14h43

Lilia Cabral será Virgínia, dona do cabaré de Vila Rica em "Liberdade, Liberdade", próxima novela das onze, que estreia dia 11 de abril na Globo.

A história começa no período da Inconfidência Mineira, de Joaquim José da Silva Xavier – o Tiradentes (Thiago Lacerda) –, e se desenvolve na época em que a família real portuguesa vem para a colônia, nas Américas. A novela focará em uma história ficcional sobre Joaquina (Mel Maia/Andreia Horta), a filha de Tiradentes e Antônia (Leticia Sabatella).

Poucas pessoas sabiam que a bela e inteligente Virgínia era uma das responsáveis pelo movimento do bordel até capturarem Tiradentes e, de lá, o levarem preso e depois para a forca.

"Você fala demais, é um boquirroto. Vai acabar sufocado por essa tua língua comprida", disse Virgínia para Tiradentes antes dele ser capturado.

Com os últimos acontecimentos, Joaquina passava a ser filha do traidor da Coroa Portuguesa. Virgínia e José Joaquim Maia e Barbalho (Gabriel Chadan), um dos principais integrantes da inconfidência, conseguiram dar suporte para que a menina seguisse para Portugal na companhia de Raposo (Dalton Vigh). Além de resgatar Joaquina, ele sempre foi simpatizante da causa dos rebeldes. Ao vê-los partir, a dona do bordel deseja proteção a Joaquina, afinal "ela é um símbolo da liberdade".

Dezesseis anos depois, em 1808, Virgínia se surpreende com a volta de Raposo à Vila Rica, acompanhado de uma mulher, que ele chama de Rosa, mas ela reconhece que aquela é Joaquina (Andreia Horta). Virginia fará o possível para se aproximar dela e contar o que sabe sobre a história de Tiradentes, porém, essa tentativa a fará ganhar alguns inimigos, entre eles Raposo e sua irmã Dionísia (Maitê Proença).

O homem que um dia simpatizou com a causa dos inconfidentes, agora é fiel a Portugal e, acima de tudo, quer proteger Joaquina.

Virgínia é mãe de Rubião (Matheus Solano), intendente de Vila Rica, o homem que cuida da preservação dos mandos e desmandos da Coroa Portuguesa. Ele finge que ela não existe, pois nunca reconhecerá ser filho de uma prostituta.

"Liberdade, Liberdade" é uma novela de Mario Teixeira baseada em argumento de Marcia Prates, livremente inspirada no livro "Joaquina, Filha do Tiradentes", de Maria José de Queiroz. A direção artística é de Vinicius Coimbra.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo