TV e Famosos

"Humor não tem partido", diz Ingrid Guimarães após ser ameaçada na web

Divulgação/TV Globo/Paulo Belote
Ingrid ficou assustada com a repercussão de uma piada no Instagram Imagem: Divulgação/TV Globo/Paulo Belote

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

31/03/2016 17h16

Uma piada sobre o deputado federal do Rio de Janeiro Jair Bolsonaro (PSC) feita por Ingrid Guimarães no Instagram foi alvo de tantas críticas, que a atriz chegou a ser ameaçada e chamada de "vagabunda" por quem gosta do político.

Assustada com a quantidade de pessoas que apoia Bolsonaro, a atriz retirou a postagem do ar, feita há dez dias. "Nesse momento está sendo muito difícil dar opinião sem ser agredida. Os ânimos estão muito exaltados com relação a tudo. Apaguei o post, uma piada, não por uma defesa, mas porque virou uma violência, e quando isso acontece não serve para mais nada."

Ao encontrar com o UOL nesta quarta-feira (30), durante as gravações da próxima temporada de "Chapa Quente", a atriz mostrou que, apesar de todos os xingamentos por parte da turma do #Bolsonaroprapresidente2018, está tranquila.

"Fui ameaçada, chamada de vagabunda e outros nomes. Não me senti humilhada porque quem não quer brincar, não desce para o play. Eu coloco a minha opinião, sim, nas redes sociais porque acho que tenho o direito de colocar, e tenho o direito de tirar também. Fiz uma brincadeira. Humor não tem partido, e isso eu agradeço."

Ingrid também falou sobre as discussões políticas em todos os lugares. "Nunca se falou tanto de política na vida, né? Acho válido, apesar de que esse interesse todo é mais por uma questão de necessidade pelo momento que atravessa o Brasil. O que me deixa agoniada é o patrulhamento, a necessidade de ter que se policiar para não gerar uma violência por causa de um pensamento. Não é bacana", finalizou a atriz. 

No dia seguinte da polêmica piada, Ingrid Guimarães chegou a colocar no Facebook o que a levou tirar o post do ar. Leia na íntegra.

Reprodução/Instagram
A atriz publicou post sobre tolerância Imagem: Reprodução/Instagram
 

"Coloquei uma piadinha sobre Bolsonaro no meu Insta e fui atacada, ameaçada chamada de vagabunda, global (pra alguns é xingamento), acusada de ter usado a Lei Rouanet (Oi?) e por isso de estar mancomunada com o governo. Tinha até uma tenente dizendo que estava "de olho em mim".

Mas de tudo o que mais me chocou foi ver a quantidade de #Bolsonaroprapresidente2018. Fui pesquisar a cara das minhas ameaças e a maioria era jovens cristãos com o Instagram fofo e cheio de dizeres. Tive medo e apaguei.

Porque se você acha que o inferno é agora, o ano de 2018 está chegando e com ele o verdadeiro golpe: o moralismo, o preconceito, o machismo e o radicalismo em um só candidato. Cheio de fãs jovens fofos, que falam palavrão e chamam atrizes de puta em nome da família. Alguém tem contato em Portugal?"

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo