TV e Famosos

Sabatella tem perfil bloqueado no Facebook: "Corajosa e firme", diz marido

Eduardo Knapp/Folhapress
Letícia Sabatella tem sido bastante ativa em manifestações contra o o impeachment de Dilma Rousseff Imagem: Eduardo Knapp/Folhapress

Do UOL, no Rio

04/04/2016 16h38

Letícia Sabatella teve seu perfil do Facebook bloqueado no sábado (2) por "conteúdo abusivo" após denúncias de internautas. A página da atriz voltou ao ar por volta das 18 horas desta segunda-feira. Sabatella tem sido bastante ativa em manifestações contra o impeachment de Dilma Rousseff e participou de um encontro com outros artistas e intelectuais com a presidente em defesa da democracia no Planalto na última quinta-feira. Por conta disso, ela nem esteve na festa de lançamento da novela "Liberdade Liberdade" em que atua como Antonia, a mãe da protagonista Joaquina (Mel Maia/ Andreia Horta).

Pedro Ladeira/Folhapress
Dilma Rousseff e a atriz Letícia Sabatella, em Brasília Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress
 "A vida não é uma novela, um reality show editado. Eu vim aqui hoje clamar por democracia. Eu sou oposição ao seu governo, presidenta Dilma, mas eu tenho ainda um contentamento de dizer isso na sua frente e poder dizer que eu vivo ainda num estado que se pretende, utopicamente, em realidade, em transformação, em exercício nesse momento, nesse governo, de ser um estado democrático, de preservar a liberdade. O que a gente tá vivendo hoje, essa polarização, esse ódio instaurado, essa sombra coletiva assolando os corações de irmãos, pessoas que já não estão se reconhecendo, isso está sendo fomentado por um plano maquiavélico de tomada de poder na marra," disse Sabatella durante o evento em Brasília.

Desde então, internautas dizem que a atriz tem defendido o governo por ter sido beneficiada com R$ 1,5 milhão com a Lei Rouanet para tocar seu projeto solo, conforme noticiou o colunista do jornal "O Globo" Ancelmo Goes, em 2011.

Assim que a página de Letícia saiu do ar, o marido da atriz, Fernando Alves Pinto, usou a sua página para defender a mulher e esclarecer que ela não foi beneficiada com a Lei Rouanet.

"Leticia Sabatella foi corajosa e firme, deixou claro ser opositora [do atual governo], ao lado da presidenta. Se tivesse mais tempo, exporia as graves considerações a propósito da política do meio ambiente, dos índios, entre outras... Em seguida, foi bloqueada na rede Facebook, sem poder acessar, publicar, responder ou gerenciar sua página, aparentemente por três dias, segundo o automático da rede, por "conteúdo abusivo". Uma nuvem negra passando. Acredito ter sido graças a 'denúncias' frequentemente relacionado a uma falsa informação sobre a Lei Rouanet. Leticia, que começou como musicista, antes de trabalhar como atriz na televisão, para retomar seu caminho na música, teve seu projeto aprovado pela Lei autorizada para recolher R$ 800.000 de possíveis patrocinadores. Patrocinadores que nunca compareceram. A turnê começou com uma breve temporada em São Paulo, bancada apenas pela bilheteria, lotada, mas insuficiente para qualquer lucro. Uma nota de imprensa maldosa que parece ter crescido como bola de neve, afirma terem sido 1,5 milhão que teriam sido pagos pela Lei Rouanet. Isso nunca existiu, a lei não paga, e os patrocinadores, repito, não compareceram", escreveu Fernando.

Reprodução/Facebook
Sabatella e Humberto Carrão pedem combate à corrupção em vídeo Imagem: Reprodução/Facebook


O ator reforçou que Letícia é opositora ao governo vigente e contra o impeachment: "Luta com tudo que pode por uma Reforma Política que, entre outras mil prioridades, termine com a corrupção. E é a pessoa mais transparente e de forte consciência política e humana que tive a honra de conhecer. Precisamos de muita calma e clareza, pra que essa nuvem passe com menos perdas e danos", concluiu ele, que lançou a campanha #somostodosSabatella.

Camila Pitanga saiu em defesa de Sabatella em seu Instagram e republicou o texto de Fernando Alves Pinto. "Minha solidariedade à Letícia. Para quem critica sua coragem peço que leia as palavras de Fernando Alves Pinto".

Letícia Sabatella também apareceu em um vídeo ao lado de outros artistas da Globo contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O material, divulgado pelo deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) e creditado ao canal TV Poeira, foi publicado no Facebook na última quarta (30), com famosos falando sobre corrupção em outros partidos além do PT e também em empresas.

Enquanto os globais falam sobre corrupção, o vídeo mostra uma lista dos "onze maiores casos de corrupção no Brasil". No sétimo lugar dessa lista está a Globo, dizendo que ela sonegou R$ 615 milhões.

Na quinta (31), a TV Poeira publicou uma versão do vídeo sem a citação à Globo. O canal informou ao UOL que "o vídeo que está no ar em nosso canal com artistas chamando para a manifestação de hoje é a versão oficial e autorizada lançada pela TV Poeira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
Redação
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
ANSA
Blog do Maurício Stycer
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
Blog do Nilson Xavier
Redação
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
Topo