TV e Famosos

Em estreia, "Zorra" brinca com Deus, Lula e impeachment de Dilma Rousseff

Do UOL, em São Paulo

09/04/2016 22h59

"Zorra" estreou a sua nova temporada na noite deste sábado (9) fazendo piadas com o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e com o seu padrinho político, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O programa da Globo aproveitou ainda o noticiário político turbulento para fazer referências à liquidação de cargos oferecidos pelo governo federal.

Você gostou da nova temporada do "Zorra"?

Resultado parcial

Total de votos
Total de votos

Numa das cenas, o personagem --um bandido que mantém a mulher refém-- negocia com policiais e exige um ministério como condição para libertá-la. "Eu quero um ministério, eu quero um ministério, eu não sou otário, não. Eu sei que, com um ministério, nada vai pegar pra mim", disse o personagem, numa clara referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Lula foi nomeado como novo ministro da Casa Civil, mas impedido por uma liminar concedida pelo Supremo Tribunal Federal.  A oposição acusa o governo Dilma de dar o cargo como manobra para conceder o foro privilegiado ao ex-presidente, que é investigado pelo juiz Sérgio Moro na Lava Jato.

Em outra esquete, atores simulam a busca desesperada pelo porteiro José da Silva, o novo líder da Nação brasileira, que irá substituir a presidente que sofreu o impeachment.

O programa da Globo também brincou com a imagem de Deus, que ofereceu a uma moça a chance de ser a mãe do filho do "todo poderoso".

"Você, Maria, será a mãe do filho de Deus. Você, Maria, irá conceber sem pecado", disse o anjo enviado por Deus. "Mas conceber sem pecado? Deus que me livre", respondeu Maria, sob gargalhadas. "Olha, avisa o seu superior que não vai rolar. No mundo corporativo existem regras", completou.

"Zorra" estreou o novo formato em maio do ano passado fazendo piada com a concorrente Rede TV! e a idade da jornalista Glória Maria. A ideia da Globo era exatamente essa, o de promover esquetes rápidas, com uma pegada mais cotidiana, como a crítica à polêmica criada na propaganda de O Boticário.

Ao todo, o elenco do humorístico é formado por cerca de 45 atores, entre remanescentes do extinto modelo – casos de Fabiana Karla, Nelson Feitas, Talita Carauta, Rodrigo Sant'Anna e Mariana Santos, e os novos artistas, com destaque especial para a ex-"CQC" Dani Calabresa.

Repercussão

Para o colunista do UOL Maurício Stycer, assim "como em 2015, o 'Zorra' voltou, em sua segunda temporada, fazendo boas piadas sobre os problemas do cotidiano, como desemprego, inflação, promessas religiosas e burocracia."

Nas redes sociais, internautas se dividiram em relação à estreia do programa. Alguns, elogiaram as piadas apresentadas; outros, no entanto, definiram as brincadeiras como de mau gosto, principalmente aquelas relacionadas à religião.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo