TV e Famosos

Olha ele! Quando não está na TV, Eduardo Costa ostenta corpão na internet

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

19/04/2016 07h00

O sertanejo Eduardo Costa é atualmente um dos artistas mais requisitados em programas de TV. Só nos últimos dois meses, deu as caras no "Programa da Sabrina", "Gugu", "Xuxa", "Hora do Faro", "Eliana", "Ratinho", a lista não acaba. Mas, entre um show e outro, é na internet que ele não se cansa de aparecer.

Com quase 10 milhões de seguidores no Facebook e 2,7 milhões no Instagram, o cantor gosta de mostrar o avião, os carrões e, claro, o corpão sarado que esculpe com treinos cinco vezes por semana e alguns procedimentos estéticos.

"Eu era muito magro na adolescência, com barriga de chope. Há sete anos fiz lipoaspiração e depois comecei a treinar. Era muito ansioso e a academia me ajudou a lidar com isso", justifica o sertanejo, que, no início da carreira, era comparado a Zezé di Camargo e Luciano, pelo timbre de voz. 

Reprodução/Instagram/eduardocosta
Cantor conquistou corpão com lipo e malhação Imagem: Reprodução/Instagram/eduardocosta
 

"Era toda hora alguém me falando isso, mas hoje me livrei da comparação. O Zezé tem a carreira dele, um cara que dispensa elogio, mas hoje as pessoas sabem quem é Eduardo Costa", afirma o cantor do hit "Os 10 mandamentos do Amor" que chegou a ocupar a terceira posição das 100 músicas mais executadas no Brasil em 2014 segundo a Crowley. 

Aos 36 anos de idade, Eduardo passou fome na infância e tem agora uma vida confortável, que compartilha com seus fãs nas redes sociais - de um prosaico banho de mangueira na fazenda em que vive, próxima a Belo Horizonte (MG), a passeios de barco e jet ski com os amigos famosos. Só não ouse chamá-lo de "sertanejo ostentação":

"Gosto de coisa bonita, chique, mas não significa que sou uma pessoa enjoada ou que quero me exibir. Não tiro fotos para as pessoas acharem que sou metido, tenho hábitos simples, gosto de comida simples, sou o mesmo de sempre. Quem me conhece sabe", afirma Eduardo.

Edson Vander da Costa - o Eduardo é nome artísico - nasceu em Abre Campo, no interior de Minas Gerais, e foi criado com a mãe, o irmão e a irmã. De pais separados, saiu de casa ainda adolescente em busca do sonho de cantar música sertaneja e melhorar a vida da família.

O músico lembra que "não tinha nada o que comer em casa durante o dia todo". "Eu tive que trabalhar muito cedo na roça. Depois nos mudamos para Belo Horizonte e trabalhei carregando caixas no Ceasa, em floricultura, de mecânico, fiz de tudo um pouco. Nunca vou me esquecer de quando minha mãe entrou em depressão, estava de cama, cheguei em casa e vi minha irmã chorando de fome comendo terra. Aquele dia chorei tanto que só pedi a Deus para me dar muito trabalho", diz, emocionado.

Nunca vou me esquecer de quando minha mãe entrou em depressão, estava de cama, cheguei em casa e vi minha irmã chorando de fome comendo terra. Aquele dia chorei tanto que só pedi a Deus para me dar muito trabalho

Eduardo Costa, cantor

Eduardo começou a cantar aos 14 anos em bares, mas foi no início dos 2000 que começou a fazer sucesso no estado, ao gravar o álbum independente "Um Menino de Goiás". O número de shows aumentou, e nessa época, ele morava com os amigos, os irmãos César Menotti e Fabiano, com quem chegava a dividir até a marmita. "Teve uma vez que só tínhamos cinco reais para comer. Comprei um marmitex e o comemos os três. Nossa amizade vai além da música, é muito forte", diz o cantor.

Foi em 2004 que viu sua vida mudar, ao lançar o primeiro álbum profissional "Ilusão". Dois anos depois assinou contrato com a gravadora Universal Music e lançou um CD e DVD ao vivo, que vendeu mais de 100 mil cópias. Atualmente, está em turnê com o álbum solo "Vivendo e Aprendendo" e com o cantor Leonardo no projeto "Cabaré". Eduardo lançou no final de março o clipe da música "Pronto, Falei", que já soma quase 9 milhões de visualizações no Youtube. 

Questionado pela reportagem se tem algum detalhe que os fãs ainda não conhecem da vida dele, Eduardo afirmou que era ninfomaníaco e precisou de tratamento. "Me prejudicou na vida pessoal. Como gostava muito de sexo e com mulheres diferentes acabei perdendo relacionamentos. Mas me tratei e hoje sou muito mais controlado", conta ele, assumindo que está com o coração ocupado "há três meses", mas sem dizer o nome da eleita.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
Redação
Chico Barney
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Diva Depressão
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
Redação
Redação
TV e Famosos
Maurício Stycer
Redação
Redação
Reuters
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
TV e Famosos
Redação
Redação
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
Topo