PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Ex-Escolinha detona nova versão e diz que atores só querem ganhar dinheiro

O humorista Paulo Cintura participa do programa "Raul Gil" - Rodrigo Belentani/Divulgação/SBT
O humorista Paulo Cintura participa do programa "Raul Gil" Imagem: Rodrigo Belentani/Divulgação/SBT

Do UOL, em São Paulo

29/04/2016 16h24

Convidado do quadro “Elas Querem Saber”, do programa “Raul Gil”, que vai ao ar neste sábado (30), no SBT, o humorista Paulo Cintura afirmou que ficou indignado com a nova versão da "Escolinha do Professor Raimundo", que a Globo levou ao ar no especial de fim de ano, em 2015. Segundo ele, o programa não é ‘uma homenagem, mas uma atração para os novos atores ganharem dinheiro”.

“O Chico Anísio tinha uma filosofia, ele resgatava os antigos. Aí o filho (Bruno Mazzeo) vem e aniquila. É o meu pensamento, opinião própria. Esses atores (antigos) estão vivos, eles glorificaram a escolinha. A escolinha existe hoje graças a nós. Não só graças ao Chico Anísio, ele era o general e nós éramos os soldados.“Ai vem esses meninos e roubam os personagens originais para benefício próprio, ganham sua grana e os caras (os antigos) não ganham nada?”, desabafou.

A Globo e o Viva produziram uma edição especial do humorístico em celebração aos 25 anos da "Escolinha do Professor Raimundo" com atores como Bruno Mazzeo, interpretando o professor Raimundo, Mateus Solano como Zé Bonitinho, Marcos Caruso como Seu Peru, Marcelo Adnet como Rolamdo Lero e Dani Calabresa como Dona Catifunda. Nesta releitura, a ideia original do cenário foi mantida com o tradicional quadro negro e o apagador, o texto atualizado e inovações tecnológicas foram incorporadas, como celulares e até pedidos de selfies com o professor Raimundo.

Paulo Cintura não vê a nova versão como homenagem: “Isso nunca foi homenagem na vida. Um programa é homenagem, agora uma série com temporadas é um jeito de ganhar dinheiro em cima dos outros. Só sei que eles estão errados, pois não foram humildes de ligarem para eles (de atuais atores não ligaram para os antigos). Os caras estão ganhando dinheiro nas nossas costas. Foi um desrespeito, uma covardia com os caras que são os verdadeiros heróis e foram usurpados”, dispara ele, que apesar de não concordar com a nova versão, disse que se pudesse escolher, gostaria que Paulo Gustavo interpretasse seu personagem.

Mas teve veterano que gostou da nova versão. O ator Orlando Drummond ficou emocionado ao ver Marcos Caruso interpretando Seu Peru, personagem que o consagrou na versão original do programa. Ao UOL, o ator disse que Caruso estava magnífico: “Igualzinho a mim. Nota dez! O mais parecido dos personagens foi ele. Gostei do programa todo, porém mais dele, por ficar parecido comigo mesmo, me imitou. Fez muito bem, maravilha. Já tenho um substituto", comemorou ator.

Graças ao sucesso do humorístico, a Globo renovou a "Escolinhas do Professor Raimundo" para uma nova temporada. Segundo o colunista do UOL Flavio Ricco, a escolinha ganhará personagens novos.

TV e Famosos