TV e Famosos

CONTÉM SPOILER: "Desculpem", diz Kit Harington após último episódio de GoT

Divulgação/HBO
Kit Harington quebrou o silêncio sobre o personagem Imagem: Divulgação/HBO

Do UOL em São Paulo

01/05/2016 23h54

ALERTA DE SPOILER: NÃO LEIA SE NÃO QUISER SABER DETALHES DE "GAME OF THRONES"

"Desculpem-me!". A declaração de Kit Harington ao site "Entertainment Weekly" encerra um período de 10 meses de especulação sobre o destino de seu personagem, Jon Snow, na série de TV "Game of Thrones".

Como esperado por muitos fãs, Snow foi ressuscitado no episódio deste domingo (1º), segundo da sexta temporada, pela bruxa Melisandre. O personagem, um dos mais queridos pelo público até então, havia sido esfaqueado até a morte no último episódio da quinta temporada. Produtores, elenco e o próprio ator sempre se esquivaram sobre questionamento sobre um eventual retorno de Snow.

"Eu queria pedir desculpas por mentir para todo mundo. Fico feliz que as pessoas tenham ficado preocupadas com a morte dele. Acho que meu maior medo era que ninguém fosse se importar", disse o ator à "Entertainment Weekly". A entrevista, exclusiva, é parte de uma reportagem que será divulgada pela publicação com todos os detalhes da morte e ressurreição de Snow. Nela, o ator revela que foi orientado a "seguir atuando" fora da série para ajudar a despistar os fãs e a imprensa.

A ressurreição

Fragilizada e com pouca fé em seu Senhor da Luz após a derrota brutal do exército de Stannis, Melisandre foi convencida por Davos a tentar trazer o Lorde Comandante da Patrulha da Noite de volta à vida. E assim ela o fez - mas deixou a sala antes que pudesse ver o resultado de sua magia. Em uma sequência previsível, apenas o lobo Fantasma presenciou o momento em que Jon Snow abria os olhos e voltava a respirar, ofegante. 

A volta de Jon ao mundo dos vivos vem em uma boa hora: o homem que arquitetou seu assassinato, Allister Thorne, foi preso, e ele pode contar tanto com o apoio de Davos quantos dos Selvagens. E agora é finalmente possível que ele se una à disputa pelo Trono de Ferro, já que, tecnicamente, a vigília dele na Patrulha acabou no momento em que ele morreu. Segundo um relato publicado pelo site especializado Watchers on the Wall, o personagem está envolvido em uma grande sequência de batalha que está prevista para ir ao ar no nono episódio desta sexta temporada. 

Outras tramas

Se o episódio deste domingo será marcado pela volta à vida de um dos personagens mais adorados na série, ele também será lembrado por ao menos duas mortes importantes para o andamento da trama: logo após saber do nascimento de um novo filho homem, Lorde Bolton é apunhalado por Ramsay, seu filho bastardo, que teme perder o direito ao trono. Para garantir que nada o ameace, o jovem vilão ainda dá um fim cruel ao recém-nascido, jogando-o literalmente aos cães. 

Balon Greyjoy, lorde das Ilhas de Ferro, também é assassinado neste episódio, em mais uma guinada que vai movimentar ainda mais a disputa pelo controle dos sete reinos nesta sexta - e já sangrenta - temporada de "Game of Thrones".

O episódio deste domingo teve ainda outros dois pontos altos envolvendo os Lannister. No primeiro, Tyrion encara de peito abertos os dragões de Daenerys e liberta-os; enquanto que, em Porto Real, seu irmão, Jaime, mede forças com o Alto Septão, insinuando uma virada de mesa após a prisão de Cersei e da rainha Margaery, acuadas pelos devotos da fé.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo