PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Renato Góes, que viveu Santo, diz que ficou surpreso com status de galã

Renato Góes posa para a revista "Cosmopolitan" - Chico Cerchiaro/Divulgação/Cosmopolitan
Renato Góes posa para a revista "Cosmopolitan" Imagem: Chico Cerchiaro/Divulgação/Cosmopolitan

Do UOL, em São Paulo

06/05/2016 11h47

Renato Góes, que conquistou os telespectadores como Santo, na primeira fase da novela “Velho Chico”, disse em entrevista à revista “Cosmopolitan” que não atuou na trama para conquistar o status de galã, mas que gosta do rótulo. “Estou trabalhando muito, mal saio para badalação. Em nenhum momento foi pensando em dar um tom de galã ou sexy ao personagem. Se o Santo, além de tudo que eu criei, ganhou esse caminho, acho maravilhoso”.

O ator dividiu as cenas com Julia Dalavia no início do folhetim. Eles interpretaram a versão mais jovem de Tereza e Santo, atualmente vividos por Camila Pitanga e Domingos Montagner.

Renato, de 29 anos, contou também que é “romântico à moda antiga”. “Me apaixono, sofro, quero que sejam só os dois... Comigo não tem esse negócio de relacionamento moderno. Cada um tem que ter a sua liberdade, seus amigos, mas é preciso viver o romance com a pessoa que a gente acha que é ideal e que vai ser feliz para sempre”, afirmou.

Em breve, o ator vai mudar o visual para viver no cinema o músico Marcelo D2, no filme em que vai contar a história do início do grupo Planet Hemp. “Cada personagem traz uma atmosfera diferente, e acho uma maravilha passar por essas mudanças”.

TV e Famosos