PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Repórter da CNN "sofre" com manifestantes pró-impeachment em São Paulo

Do UOL, em São Paulo

12/05/2016 11h23

O repórter do canal de notícias CNN en Español Iván Pérez Sarmenti encontrou dificuldades para trabalhar na avenida Paulista, em São Paulo, em meio à euforia de manifestantes pró-impeachment na noite desta quarta-feira (11).

Sarmenti, que é correspondente da rede em Buenos Aires, foi enviado a São Paulo para cobrir a repercussão do afastamento de Dilma. Shasta Darlington cobre para a CNN americana, em Brasília.

No vídeo, manifestantes gritam o tradicional grito "ai, ai, ai, tá chegando a hora...", enquanto o jornalista grava a "passagem" de sua reportagem ao lado. A gravação foi feita horas antes do resultado da decisão do Senado, que anunciaria o afastamento de Dilma Rousseff.

Dilma ficará oficialmente afastada do cargo por até 180 dias  após ser notificada da decisão do Senado, o que deve ocorrer ainda na manhã de hoje. O processo no Senado, no entanto, pode acabar antes dos seis meses. Se for considerada culpada, ela sai do cargo definitivamente e perde os direitos políticos por oito anos (não pode se candidatar a nenhum cargo). Temer será o presidente até o fim de 2018. Se for inocentada, volta à Presidência.

Televisão