PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Coadjuvante de "Sassaricando" vira protagonista em "Haja Coração"

Do UOL, no Rio

31/05/2016 07h00


Os nomes dos personagens são os mesmos, a cidade onde se passa a história também, assim como a guerra entre as famílias Di Marino e Abdala, mas “Haja Coração” é uma releitura da novela “Sassaricando” de 1987 e por isso tem lá as suas diferenças. A começar pela mudança dos protagonistas. Se na primeira versão, Aparício Varella (Paulo Autran) e seu arrependimento pelo golpe do baú guiava a trama, hoje, 29 anos depois, o tema central está na trajetória de Tancinha (Mariana Ximenes).

“A novela no horário das sete é sempre jovem, e eu quis que os jovens fossem os protagonistas de ‘Haja Coração', quis destacar o casal Tancinha e Apolo, que na época fez muito sucesso, conta o autor Daniel Ortiz sobre a trama que estreia nesta terça (31).

Quando Ortiz recebeu a encomenda de escrever um remake, disse que não teve dúvidas. "Sempre quis fazer uma novela sobre São Paulo e sua mistura de culturas, seus contrastes culturais e sociais. Escolhi ‘Sassaricando’ porque é uma obra ficou na minha memória e personagens como Tancinha, Apolo, Aparício e Fedora foram importantes para a definição de minha carreira".

O diretor Fred Mayrink explica a releitura. "Será um novo olhar. Não há uma referência ao que foi feito, nem esteticamente nem nas atuações. É uma leitura completamente nova, um primeiro olhar sobre uma história que o Daniel está contando e nós embarcamos."

Imortalizada por Claudia Raia em ‘Sassaricando”, Tancinha continua uma feirante que erra na concordância verbal e não fala plural das palavras – os bordões “Olha os melão” e “Não me enche os pacová” foram mantidos nessa releitura. Exuberante, estabanada e chegada aos barracos, ela continua romântica e ficará “divididinha” pelo namorado, o caminhoneiro Apolo (Malvino Salvador), e o publicitário Beto (João Baldasserini). Só que o antes triângulo amoroso foi transformado em quadrado. Tamara (Cleo Pires), personagem que não existia na primeira versão, é irmã de Beto e vai se interessar por Apolo. "A Tancinha será meio selvagem, tipo 'bateu levou', mas com uma sensualidade natural. Sei que vai ter comparações, mas vou dar o meu melhor e farei com todo meu coração essa personagem", contou Mariana Ximenes que está de volta às novelas depois de interpretar Aurora em "Joía Rara" em 2013.

Daniel Ortiz revela que sempre desejou fazer uma novela sobre São Paulo - Divulgação/TvGlobo/Ramón Vasconcelos - Divulgação/TvGlobo/Ramón Vasconcelos
Daniel Ortiz revela que sempre desejou fazer uma novela sobre São Paulo
Imagem: Divulgação/TvGlobo/Ramón Vasconcelos
Com a responsabilidade de manter os bons índices de audiência de antecessora “Totalmente Demais”, a trama de Daniel Ortiz também é comédia romântica só que com um pouco mais de humor permeando em praticamente todos os núcleos, principalmente o da família Abdala, onde o autor assumiu ter “tirado o pé da realidade” e colocando um tom bem cômico. “O pedido da direção é que eu faça tudo em um tom acima do resto do elenco, em uma linguagem quase de cartoon", explicou Tatá Werneck, interprete de Fedora Abdala, uma it-girl fascinada por redes sociais e quer ser a mulher mais seguida do Brasil.

Além do universo das redes sociais, "Haja Coração" a trama terá outras mudanças por causa dos quase 30 anos passados entre as duas versões. Leonora Lammar, interpretada por Ellen Roche é uma ex-BBB eliminada na etapa da casa de vidro. Francesca Di Marin, de Marisa Orth está longe de ser a suposta viúva amargurada com o desaparecimento do marido e Rebeca, de Malu Mader, e Penélope, de Carolina Ferraz, são mulheres independentes.

TV e Famosos