TV e Famosos

Lee critica falta de diversidade no "MasterChef": "Filhos de classe média"

Divulgação/Band
O médico Taiwanês Lee é um dos concorrentes da terceira temporada do "MasterChef" Imagem: Divulgação/Band

Do UOL, em São Paulo

14/06/2016 23h52

O médico taiwanês Lee Fu Kuang criticou a falta de diversidade entre os concorrentes que continuam no "MasterChef Brasil", comparando a competição culinária ao Oscar.

"As pessoas que entendiam a minha linguagem foram embora: o Guilherme, o PM (Rodrigo). Ainda tem a Gleice, mas agora estou no meio de filhos de classe média. Muito branco, é igual ao Oscar", reclamou o participante em depoimento durante a prova de eliminação desta terça-feira (14).

A observação veio depois que a chef Paola Carosella questionou o que havia acontecido com o projeto de reaproveitamento de alimentos, apresentando por Lee na estreia do programa.

Lee disputou a eliminação da noite contra Vanessa, que acabou eliminada. O médico foi advertido por Paola. A chef pediu que ele não se esquecesse do propósito que o levou a conseguir uma vaga no "MasterChef". "Sou apenas um cachorro velho, aprendendo truques novos", respondeu o concorrente.

A postura fez com que o participante Pedro criticasse Lee. "É muita lábia e pouco prato", disse.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo