TV e Famosos

Liminha diz que provocou famoso tombo de Silvio na água: "Ele nunca soube"

Divulgação/SBT
Silvio Santos com seu assistente de palco Liminha no sorteio da Telesena Imagem: Divulgação/SBT

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

14/06/2016 07h30

Alfinetadas a personalidades de outras emissoras, saias justas e eventuais constrangimentos. Tudo no "Programa Silvio Santos" acontece de forma espontânea, sem ensaio, garante o diretor e assistente de palco Liminha. Há mais de três décadas ao lado do animador, ele diz que até o próprio Silvio acaba sendo vítima de suas brincadeiras.

O apresentador já cortou o queixo, levou choques, ficou sem calça e levou incontáveis tombos. Muito antes da era dos memes e dos gifs, o dono do SBT protagonizou uma das cenas mais clássicas da carreira no "Topa Tudo Por Dinheiro". Durante uma brincadeira, sentou-se em uma tábua em cima de um tanque. Resultado: caiu na água de terno e microfone, provocando gritos e risadas do auditório.

relembre o tombo de Silvio na água

Vinte e quatro anos depois, o assistente revela que foi o responsável pela famosa queda que terminou em diversão. "Ele foi fazer gracinha e sentou em cima do tanque. Só que o cara que estava lá atrás tinha medo de apertar o negócio para ele cair. Eu fui e falei ‘Aperta, aperta’. O cara não apertava, daí eu fui e apertei. Depois fiquei com medo, mas como ele não sabia que era eu, fiquei quieto", diz.

Liminha nunca falou com o patrão sobre o episódio, que acredita ter mantido em segredo até hoje. "Ele [Silvio] nunca soube, só a produção. Mas ele também não questionou, acho até engraçado. Poxa, se ele estava ali, achei que estava querendo cair. Ninguém vai ficar lá se balançando. Eu pensei 'Ele tá a fim de cair'. Se algo desse errado, eu assumiria, porque o cara [que estava atrás do tanque] teria falado que não foi ele", garante.

Habituado a trabalhar com Silvio, ele diz já saber quando deve entrar na onda do apresentador. "A gente vai sentindo na hora, no palco, o que ele quer", afirma o assistente, que diz levar toda piada do animador na brincadeira.

Silvio por trás das câmeras

Reprodução/Instagram
Em 2015, Liminha foi internado para uma cirurgia na vesícula e teve o tratamento pago por Silvio Santos Imagem: Reprodução/Instagram
Silvio Santos é exigente como qualquer patrão e ainda melhor nos bastidores. É assim que Liminha define o comunicador, negando que seja puxa-saco pelos elogios que faz ao apresentador. "Ele é um ser humano excelente, e não estou falando isso porque trabalho com ele. A essência do Silvio é de uma pessoa bacana. Nunca o vi falar mal de alguém", atesta.

O diretor de palco tem exemplos pessoais da generosidade do animador. Há um ano, ele passou por uma crise de cálculo da vesícula e chegou a ser levado de ambulância do SBT. Foi submetido a uma cirurgia e teve o tratamento pago pelo empresário.

"Fiz essa operação e ele se preocupou comigo. Até antecipou a gravação [do programa] por causa da cirurgia. Falou: 'Vamos mudar a data porque eu preciso de você comigo'. E disse: 'Você pode gastar o que for que a casa cobre'. As pessoas do SBT me ligavam no hospital, perguntavam se estava tudo bem, mandavam flores", diz.

"Silvio é um ser humano excelente, e não estou falando isso porque trabalho com ele. Ele tem a essência de uma pessoa bacana"
Liminha, assistente e diretor de palco do "Programa Silvio Santos"


Ele explica que o cuidado do apresentador não se resume a uma única experiência: "É um cara que pergunta se você está bem, se aconteceu alguma coisa ou precisa de ajuda. De repente, se aconteceu, eu falo. E isso não é só com o Liminha, é com pessoas próximas a ele também. Esse é o tipo de patrão que nós temos". "Todo final de ano ele manda um cartão de Natal escrito de próprio punho. Você vê que é direcionado para você mesmo, não é um simples cartão de Natal. É totalmente personalizado", conta orgulhoso.

Paulo Cerciari/Folha Imagem
Silvio Santos no "Domingo no Parque", em 1988 Imagem: Paulo Cerciari/Folha Imagem
 

"Não pode ficar nervoso"

Liminha começou a trabalhar com Silvio Santos no "Domingo no Parque", depois de ter as portas abertas na produção pelo apresentador Gugu Liberato, então diretor do programa, para substituir uma pessoa que havia faltado. Logo no início, levou uma chamada de atenção.

"O Gugu começou a me explicar, daí o Silvio veio e falou: 'O que você está falando com o garoto aí?'. Ele falou, deixa que eu explico. E eu ainda errei. Ele falou sério comigo: 'Olha, para trabalhar comigo não pode ficar nervoso'. Eu ainda brinquei, né? Falei 'Não estou nervoso, mas emocionado'. Ele disse ‘Televisão é um trabalho como qualquer outro’. Já me colocou no chão (risos)", se recorda. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo