TV e Famosos

Com inocente na cadeia, série da Fox promete ser "Breaking Bad" brasileira

Divulgação/Fox
Julio Andrade interpreta Cadu, advogado que vai para a cadeia por engano em "1 Contra Todos" Imagem: Divulgação/Fox

Natália Guaratto

Do UOL, em São Paulo

18/06/2016 07h00

Chegou a hora do Brasil ter sua própria "Breaking Bad". Nesta segunda-feira (20), a Fox estreia "1 Contra Todos", superprodução do canal que aposta na fórmula mais que consagrada da adorada e saudosa "Breaking Bad". Como no drama americano, "1 Contra Todos" conta a história de um homem comum que acaba se envolvendo com o tráfico de drogas.

O Walther White tupiniquim é Cadu (Júlio Andrade), um defensor público, recém-desempregado e com a mulher prestes a dar à luz. Apesar da vida pacata, ele vai preso depois de a polícia encontrar 1 tonelada de maconha escondida no teto de sua casa. Inocente até que se prove o contrário, a mídia o transforma em "Doutor do Tráfico" e, para sobreviver, ele assume o personagem de chefão do crime.

“Essa história chegou até mim muitos anos atrás por meio da pessoa que a viveu. A série é inspirada em fatos reais, o que é muito louco. Quando eu escutei, eu falei: ‘Cara, isso parece um ‘Breaking Bad’ brasileiro. Foi a piada que eu fiz com a Fox. É um ‘Breaking Bad’ brasileiro, só que é de verdade”, conta o roteirista e diretor Breno Silveira (“Gonzaga” e “Dois Filhos de Francisco”) em entrevista ao UOL.

Para proteger a identidade de sua fonte, Silveira diz que mudou vários pontos da história. “O storyline é verdadeiro. Ele foi preso, a droga estava no teto, ele vai parar na cadeia e ele é condenado por um repórter. Depois disso, eu e os roteiristas inventamos tantas coisas surreais que a gente não pode jogar na conta da história real”, explica.

Divulgação/Fox
Malu (Julia Lanina) e Teo (Luiz Felipe Mello) são a família de Cadu em "1 Contra Todos" Imagem: Divulgação/Fox
Já explorado em outras produções brasileiras, o mundo do crime concebido por Silveira remete imediatamente ao universo que já vimos em filmes como “Carandiru” e “Tropa de Elite”. O diretor, no entanto, defende que “1 Conta Todos” não é um thriller de ação.

“Meu trabalho sempre pendeu para o drama, por isso achei essencial que a série tivesse a mulher do Cadu e toda a família. Eu gosto muito de mostrar esse drama familiar. Ali dentro da grade é uma tentativa de sobrevivência, mas externamente é um filho que ele não viu nascer. Essa mulher vai fazer o diabo para ajudá-lo a sobreviver. Não deixa de ser uma história de amor”, diz Silveira.

Interpretada por Julia Lanina, Malu, a mulher de Cadu, é só uma das personagens que saltam aos olhos nos primeiros capítulos de “1 Conta Todos”. É dela, aliás, que surge a decisão de que o protagonista precisa assumir a postura de criminoso para sobreviver às leis da cadeia.

Com uma boa mistura de atores veteranos e novas caras, o elenco tem ainda entre seus destaques Adriano Garib como o Diretor Demóstenes, Silvio Guindane como o detento homossexual Mãe e Stepan Nercessian como o apresentador de TV Simões Lobo.

“1 Contra Todos” estreia neste sábado (18) no canal Fox Play que terá acesso liberado para não assinantes. Na segunda (20), a atração começa a ser exibida pela Fox, às 22h30.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo