TV e Famosos

Diretor de TV deixa o Brasil e vira "guia" dos famosos nos Estados Unidos

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

22/06/2016 07h00

Como as celebridades viajam para os Estados Unidos e aproveitam as férias na Disney sem gastar um dólar? O homem por trás de toda a ostentação é um ex-diretor de TV que deixou o Brasil para morar em Orlando. Rodrigo Branco trabalha há dois anos como "guia" dos famosos e os leva para divulgar na internet marcas e restaurantes da cidade que recebeu 66 milhões de turistas em 2015.

Branco começou na Band em 2005, onde dirigiu Márcia Goldschmidt, Adriane Galisteu e Luiz Bacci, cuidou a programação e transmitiu eventos internacionais como o Grammy. Também envolveu-se em projetos para os canais Multishow e GNT e no reality "The Ultimate Fighter", do UFC. Em 2014, começou a trabalhar com Marcos Buaiz, marido da cantora Wanessa Camargo, quando resolveu trocar de país.

"Decidi que tinha chegado a hora da minha mudança. O lado pessoal também pesou, claro. Tive meus motivos. Entre o dia que tomei a decisão de verdade e o dia da mudança propriamente dita foram 30 dias", conta Rodrigo Branco ao UOL.

Na Flórida, terra da Disney e destino de milhares de turistas, o diretor pretendia produzir conteúdo de entretenimento para o Brasil, mas expandiu os negócios, abriu uma consultoria de marketing que presta serviços para empresas e marcas da região e teve a ideia de conectá-las aos seus amigos famosos.

"Já tivemos mais de 30 celebridades no último ano porque o meu grande diferencial é que tenho amizade com todos eles. Os que não eram meus amigos acabaram se tornando, por isso passo o dia no parque muitas vezes, virei quase um 'guia turístico' porque sou fanático por parques e conheço cada um deles em detalhes", diverte-se.

Ivete Sangalo, Anitta, Ludmilla, Luan Santana, Juliana Paes, Sabrina Sato, Rodrigo Faro e Deborah Secco foram algumas celebridades que aproveitaram as férias grátis nos Estados Unidos.

Reprodução/Instagram/ivetesangalo
Em abril, Ivete Sangalo hospedou-se em uma mansão com vista para o mar em Miami Imagem: Reprodução/Instagram/ivetesangalo
Tudo, da passagem à hospedagem, é bancado pelas empresas que, em troca, são divulgadas pelos artistas na internet. Ivete, por exemplo, ficou hospedada em uma mansão em Miami com vista para o mar. A diária custa mais de R$ 10 mil, porém a cantora não gastou um centavo e publicou uma foto da casa no Instagram que rendeu 115 mil curtidas.

Além de trazer os amigos do Brasil, Rodrigo Branco consegue reunir os famosos no mesmo local ou evento e impulsiona ainda mais a divulgação das marcas. Em abril, Ivete, Sabrina e Dieckmann curtiram como "melhores amigas" o show de Beyoncé.

"Na última vinda de Ivete para Orlando, juntamos tantos amigos na cidade que, no final, brincávamos que parecia especial da Globo! Tínhamos o pessoal do Sorriso Maroto, Ivete, André Marques, Ludmilla, Kaká, todos em um jogo da NBA (liga norte-americana de basquete), que aliás é um show à parte", brinca.

Famosos problemáticos

Além da extensa lista de contatos, Rodrigo Branco conheceu muitos artistas durante seu novo trabalho. Dani Calabresa, por exemplo, foi a mais recente turista em Orlando e já virou amiga do empresário, que diz já ter "sofrido" com outros famosos nos Estados Unidos.

"O erro foi uma moça que eu não conhecia e que convidei por indicação de uma amiga. Ela estava em evidência no Brasil, dei espaço para ela sem saber de quem se tratava direito e, além dela não ser profissional, passei mais tempo explicando quem ela era e tentando dar o mínimo de educação que, infelizmente, a moça não tem, do que trabalhando de fato", critica, sem citar nome.

Branco continua: "Hoje muita gente quer trazer celebridade para Orlando, mas não entendem primeiro o que é uma celebridade. Não dá para vincular a marca de uma empresa com qualquer pessoa que tem mídia ou seguidor no Brasil. Tem que ser artistas de verdade!"

Embora tenha virado empresário, o diretor não largou a TV. Em maio, trabalhou para a Viacom no novo programa da MTV, Ridículos. Também colaborou nas gravações do programa "A Liga", da Band, no início do ano. Apesar da distância e mesmo após o atentado a uma boate com 50 mortos em Orlando, há dez dias, ele não pretende retornar ao Brasil.

"Não existe esse plano. Tive três convites muito legais para voltar para o Brasil, mas acho que a qualidade de vida, o poder de fazer o que eu gosto com pessoas que eu gosto em um lugar que eu amo é a formula perfeita", afirma.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo