TV e Famosos

Lembra dela? Ex-Globo, "Eva Byte" é professora: "Sou reconhecida"

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

26/06/2016 07h15

Por onde anda Eva Byte? Primeira apresentadora virtual da TV brasileira, ela foi criada em computador pela Globo e estreou em abril de 2004, ainda sem nome, no "Fantástico". Em votação popular, ganhou nome. Comparada a Sandra Annenberg, ficou famosa, mas perdeu espaço até sair do ar sem despedida, em 2009.

Sete anos após o fim do projeto, os criadores trabalham com animação fora do Brasil e a dona da voz de Eva Byte é professora universitária no Rio de Janeiro. Encontrada em uma produtora, Helen Britto passou no teste e trabalhou no projeto durante quatro anos. Ao UOL, ela conta que sua voz é reconhecida pelos alunos.

"Alguns alunos com ouvidos bons identificavam, inclusive até hoje. Na semana passada, um aluno perguntou se eu fazia a Eva Byte, porque está na internet, o pessoal vê, pergunta e adora", diz a locutora, que produz uma webradio na UFF (Universidade Federal Fluminense) e é coordenadora na Estácio de Sá.

A tietagem nas aulas não acontece nas ruas. Helen não apareceu nos créditos do projeto e foi proibida pela Globo de revelar que era Eva Byte. "Na hora de contratar, havia uma observação de que a gente não poderia identificar quem fazia a voz. Era como Lombardi e Silvio Santos", brinca.

"Clone" de Sandra Annenberg

Na Globo, Eva Byte era presença constante no "Fantástico" e foi entrevistada por Ana Maria Braga. O visual era discreto, com cabelo curto e poucos adereços, como mandava o figurino da emissora para jornalistas. Pela semelhança, Eva foi chamada de "clone" de Sandra Annenberg, titular do "Jornal Hoje".

"Uma vez esbarrei a Sandra no corredor e ela falou: 'Você é a minha voz!'", relembra Helen. Eva ainda é lembrada nas redes sociais e comparada a Renata Lo Prete, apresentadora da GloboNews e do "Jornal da Globo" nas férias de William Waack, e Glória Vanique, do "Bom Dia São Paulo".

Além da voz, Helen deu vida a Eva, já que os gestos e reações da locutora eram também os da apresentadora. A aparência da apresentadora virtual, entretanto, é completamente diferente. "Não tem nada a ver comigo", diz Helen.

Montagem/UOL
Montagem com a apresentadora virtual Eva Byte e a dona de sua voz, Helen Britto Imagem: Montagem/UOL

"Pais" de Eva Byte trabalham fora do Brasil

Para a iniciativa inédita na televisão, a Globo escalou cerca de 15 profissionais de arte e animação, liderados por Alexandre Arrabal, responsável pelo departamento de Artes do jornalismo da casa.

Depois do projeto, a equipe se dissolveu. Alguns funcionários continuam na Globo, porém outros saíram do Brasil. Vitor Vilela, por exemplo, é animador na Disney. Luiz Amaral trabalha no Canadá em uma empresa de efeitos visuais responsável por filmes como "Os Vingadores" e "Homem de Ferro".

Segundo Amaral, a tecnologia por trás de Eva Byte é usada atualmente por grandes estúdios de animação em filmes e jogos. "A principal inovação foi representar as expressões faciais baseada em visemas e em esculturas digitais que simulavam os diferentes grupos de músculos da face e que, combinados, alcançavam expressões realistas de uma forma intuitiva e rápida", explica.

O animador recorda com orgulho sua participação na iniciativa pioneira na TV: "O projeto foi totalmente inovador e até hoje não existe uma apresentadora virtual no mesmo formato em nenhuma televisão do mundo".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo