TV e Famosos

Padre Fábio de Melo pede perdão após pregação considerada machista

Felipe Souto Maior/AgNews
Padre Fábio de Melo Imagem: Felipe Souto Maior/AgNews

Do UOL, em São Paulo

27/06/2016 15h19

O padre Fábio de Melo pediu perdão após ser criticado por uma pregação considerada machista. No vídeo em que fala sobre violência doméstica, o clérigo disse que "o agressor só se torna agressor porque a vítima o autoriza", frase que foi interpretada como culpar a mulher por ser agredida pelo marido.

Nesta segunda-feira (27), o padre respondeu no Twitter a seguidores que o criticaram, explicando que o vídeo é de 2006 e que já refutou a cultura da agressão, do estupro e do machismo em outras pregações. Em seguida, pediu desculpas a todos os seguidores pelo que falou há dez anos.

"Peço perdão. Eu nunca pretendi dizer que a vítima é culpada. Apenas salientei que a não-denúncia reforça o agressor. É muito desconfortável ser promotor do que abominamos. Culpar a vítima é abominável. Se fui infeliz na linguagem, resta-me retratar. Sempre refleti sobre o risco que uma relação afetiva tem de evoluir para o sequestro da subjetividade", desculpou-se.

Assista ao vídeo em que padre Fábio de Melo fala sobre violência doméstica:

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo