TV e Famosos

Pacto com o diabo? Xuxa cita polêmicas em comercial de "Stranger Things"

Do UOL, em São Paulo

04/08/2016 11h50

Depois de ter processado a igreja Universal por dizer que ela fez "pacto com o diabo", Xuxa parece não se importar mais com a polêmica e brincou ao gravar um comercial promovendo "Stranger Things", da Netflix, divulgado nesta quinta-feira (4). Nela, a apresentadora lê uma carta de Joyce (Winona Ryder) em busca de seu filho Will (Noah Schnapp), o menino desaparecido da história, e chega até a dizer: "Será que ele comprou a minha boneca?" e no final pergunta para os "baixinhos": "Quem quer ouvir meu disquinho ao contrário?".

Na chamada, caracterizada com roupas da época em que apresentava programas infantis, Xuxa começa dizendo seus memes como "Senta lá, Cláudia". Em seguida, ela joga várias cartas para o alto e pega uma: "É em inglês, e a Sasha nem nasceu para me ajudar a traduzir. Oi Xuxa, como vai? Meu filho sumiu, já procuramos em todos os lugares e nada do Will. O mais estanho é desde que ele desapareceu coisas começaram a acontecer aqui em casa. E eu ouço a respiração dele junto com ruído assustador", diz ela. 

A apresentadora mostra a foto do personagem e garante para Joyce que fará de tudo para conseguir trazer filho dela de volta. “Se você tiver alguma notícia do Will, manda carta para caixa postal "Eleven" (11, personagem de Millie Bobby Brown) 666”, para depois encerrar: “Quem quer ouvir meu disquinho ao contrário?”.

Em suas redes sociais, Xuxa agradeceu o convite da Netflix: "Amei trabalhar com vocês. E viciei no 'Stranger Things". E obrigada por ajudarem minha fundação".

Esta é a segunda ação da Netflix com Xuxa para promover "Stranger Things", que conta a história de uma mãe desesperada para reencontrar o filho, que se comunica com ela por meio de sons e luzes. Nesta quarta, o serviço de streaming divulgou uma chamada que brinca com a famosa lenda urbana da década de 1980, que dizia que boneca de Xuxa era possuída.

Xuxa ganhou processo contra igreja por citar pacto

Em agosto de 2008, Xuxa processou a Igreja Universal, que a acusou de ter feito pacto com o diabo. O jornal da igreja, Folha Universal, informou que um pastor norte-americano possuía "provas" de que Xuxa teria vendido a alma para o diabo por US$ 100 milhões. 

A apresentadora processou a Editora Gráfica Universal, que produz o jornal da igreja que manda na Record, e em janeiro de 2011 a empresa foi condenada por danos morais pela juíza Flávia de Almeida Viceiros de Castro, da 6ª Vara Cível do Rio de Janeiro, e pagou R$ 150 mil de indenização para Xuxa. 

A Folha Universal também foi obrigada a desmentir o pacto da apresentadora com o diabo e estampar em primeira página que "Maria da Graça Xuxa Meneghel afirma que tem profunda fé em Deus e respeita todas as religiões".

 

NetfliX ... Amei trabalhar com vcs... E viciei no stranger things ..... E obrigada por ajudarem minha fundação

A photo posted by Xuxa Meneghel (@xuxamenegheloficial) on

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo