TV e Famosos

Assassino de aluguel de "Sr. Ávila" volta ainda mais brutal na 3ª temporada

Divulgação
Ávila ganha mais poder e se torna mais brutal na terceira temporada de "Sr. Ávila" Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

07/08/2016 08h30

A terceira temporada da série mexicana da HBO “Sr. Ávila” estreou com um protagonista mais implacável e brutal do que nas últimas duas temporadas. Assassino de aluguel por profissão, Ávila (Tony Dalton) agora chegou ao posto de Senhor dos Senhores, se tornando o chefe máximo dos assassinos de aluguel na Cidade do México.

E o público pode esperar que o comportamento do personagem só piore ao longo da temporada, no ar desde o dia 24 de julho. “Ele vai mostrar um lado mais psicopata nos próximos episódios. Ele começa a impor o respeito pelo medo, e vai lidar com gente mais perigosa ainda”, disse Dalton em entrevista ao UOL.

Os dilemas internos do personagem, porém, ainda estão na série. Se antes ele sofria pela vida dupla que levava, agora ele também precisa lidar com as mortes de Ybarra (Hernán Mendoza) e da detetive Erika Duarte (Ilse Salas) – e ainda começa a ter visões com os dois. “Ele perdeu a mulher, perdeu o filho, perdeu tudo. Ele perdeu o que lhe restava de humanidade, e por isso começa a alucinar”.

Além das ameaças da profissão, Ávila ganhará uma nova companhia: a de Linares (Miguel Pizarro), que trabalhava para o Senhor dos Senhores anterior e, agora, passa a servi-lo. Porém, há indícios de que o prestativo rapaz não seja assim tão confiável. E Dalton fez mistério ao ser questionado se seu novo ajudante é mais uma ameaça ou um aliado. “Eu não posso te falar. Você vai ter que esperar para ver”.

Latinos em evidência

“Sr. Ávila” chegou a sua nova temporada neste ano em um cenário bem diferente em termos de representação latina do que encontrou em sua estreia, em 2013. De lá para cá, as latinas ganharam destaque em “Orange is the New Black”, Pablo Escobar conquistou o mundo com “Narcos” e “El Patrón Del Mal”, e as telenovelas serviram de inspiração para a comédia americana “Jane the Virgin”.  E o protagonista de “Ávila”, o veterano Tony Dalton, vê progresso na proliferação dessas produções.

“Acredito que sim, que isso seja um avanço”, afirmou. “É muito positivo também que hoje nós tenhamos acesso ao que é produzido em outros países da América Latina, que possamos ver o que é feito na Colômbia, no Brasil”.

Famoso no Brasil por seu papel como Gastón na novela teen “Rebelde”, Dalton inclusive teve entre seus mais recentes projetos uma telenovela feita para o mercado americano: “Dueños del Paraíso” (2015), também situada no mundo do crime. E apesar de ter se dedicado mais ao cinema e a “Sr. Ávila”, o ator cogitaria retornar às novelas de seu país natal no futuro. “Claro, se o papel for atraente e interessante, eu topo qualquer projeto”. Episódios inéditos de "Sr. Ávila" vão ao ar na HBO, às 21h.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo