PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Celso Portiolli interrompe programa ao vivo no SBT para caçar Pokémon

Celso Portiolli interrompe programa ao vivo no SBT para caçar Pokémon - Reprodução/SBT.com.br
Celso Portiolli interrompe programa ao vivo no SBT para caçar Pokémon Imagem: Reprodução/SBT.com.br

Do UOL, em São Paulo

07/08/2016 13h52

Celso Portiolli interrompeu o seu programa por alguns instantes para caçar Pokémon, jogo mobile que virou mania mundial e chegou ao Brasil no início da semana. O apresentador visualizou um dos monstrinhos no estúdio enquanto conversava com o elenco infantil da novela "Cúmplices de um Resgate", ao vivo, durante o "Domingo Legal", neste domingo (7).

"Apareceram alguns Pokémons que eu nunca vi", disse o apresentador. "Espera aí, não está rolando um programa aqui?", questionou o ator Duda Nagle, protagonista da novela do SBT.

Depois de muita expectativa, enfim o jogo mobile "Pokémon Go" chegou ao Brasil no início da semana e colocou ponto final à espera de quase um mês pelo lançamento do título. O jogo já está disponível para ser baixado na Play Store, dos dispositivos Android, e na iTunes Store, dos aparelhos da Apple.

Em comunicado oficial publicado na página de "Pokémon Go" no Facebook, a Niantic anuciou a chegada do game ao mercado latino-americano (que inclui o Brasil): "Pegue os tênis e Pokébolas, e prepare-se para explorar o mundo ao seu redor. Estamos empolgados em colocar Pokémon Go oficialmente nas mãos dos nossos fãs latino-americanos, visitantes e atletas Olímpicos no Rio!".

Apesar da interface bastante intuitiva, "Pokémon Go" ainda não tem suporte para o idioma português. Todos os textos do game aparecem em inglês.

Lançado no começo de julho, inicialmente apenas na Austrália, Estados Unidos e Nova Zelândia, o jogo chegou a funcionar em ao menos duas ocasiões no Brasil, onde usuários que instalaram o game em seus aparelhos conseguiram experimentar por alguns momentos como é caçar Pokémon no mundo real.

De lá pra cá, o jogo tornou-se um fenômeno, sendo lançado em mais de 30 outros países, rendendo recorde à Nintendo no mercado de ações e um punhado de histórias pra lá de bizarras.

TV e Famosos