TV e Famosos

Velório de Elke Maravilha será nesta quarta-feira aberto ao público

Do UOL, no Rio

16/08/2016 16h33

O velório de Elke Maravilha será aberto ao público a partir das 9h desta quarta-feira (17) no Teatro Carlos Gomes, no região central do Rio de Janeiro. O enterro está marcado para as 16h no Cemitério São João Batista, em Botafogo, na zona sul da cidade. "Era uma vontade dela ser sepultada, e não cremada", informou o produtor Lucas Rodrigues ao UOL.

Elke Maravilha morreu na madrugada desta terça-feira (16) aos 71 anos. A atriz estava internada havia quase um mês na Casa de Saúde Pinheiro Machado, no bairro de Laranjeiras, Rio de Janeiro, após uma cirurgia para tratar uma úlcera.

Bastante abalado, o irmão da atriz, Frederico Grunnupp, explicou o que aconteceu. "Ela teve complicações após a operação e também tinha diabetes. Ela não estava mais respondendo aos remédios", disse. O laudo médico ainda não foi liberado, mas segundo Frederico a atriz sofreu falência múltipla dos órgãos por volta da 1h.

Natasha Grunnupp, sobrinha de Elke, falou sobre os últimos dias dela no hospital. "Mesmo no hospital ela estava sempre muito feliz, sempre aquele ar de felicidade, a gente estava preocupado com as partes técnicas, vendo a situação, mas ela não. Ela passou por uma cirurgia no sábado porque um dos pontos da primeira cirurgia tinha estourado e depois disso piorou".

Divulgação/SBT
Elke Maravilha como jurada do programa musical "Show de Calouros", no SBT, em 1993 Imagem: Divulgação/SBT


Nascida na Rússia, a modelo e atriz Elke Georgievna Grunnupp, mais conhecida como Elke Maravilha, alcançou fama ao participar como jurada de programas de calouros de Chacrinha e Silvio Santos.

Ela disse, em entrevista ao UOL na 25ª edição do Prêmio da Música Brasileira, em 2014, que não sentia falta do ex-patrão do SBT. "Sinto saudades do Chacrinha, do Silvio Santos não sinto a menor falta. Gosto de respeito", declarou.

Vários famosos homenagearam Elke nas redes sociais e lembraram seu alto astral e figurino extravagante. "Era uma pessoa muito alegre, muito maravilhosa. Usava umas roupas muito loucas, era engraçada, sempre sorridente e chamava todo mundo de criança. Vai fazer falta muita falta aquele astral dela, era uma pessoa", contou Sérgio Mallandro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo