TV e Famosos

Livro destaca a história, memórias e residentes do Retiro dos Artistas

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

03/09/2016 07h00

Uma instituição que acolhe artistas de todo o país após a aposentadoria, o Retiro dos Artistas já foi visto como um castigo de fim de vida por muitos. Atualmente, a casa que tem mais de 90 anos de existência e está localizada em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, oferece várias atividades aos seus residentes, que vão aulas de ioga e hidroginástica a fisioterapia, tratamentos odontológicos e de beleza. O objetivo é manter na ativa esses profissionais, que sempre tiveram uma vida agitada.

Entre os moradores atuais estão, a ex-frenética Edyr Duque, a atriz de teatro Isa Rodrigues e o radialista Paulo Gouveia Lobão. Após um longo trabalho de pesquisa, entrevistas e apuração de informações, os irmãos Victor e Vinicius Borges lançam em outubro um livro e um documentário sobre a instituição, que promove assistência à classe através de doações e campanhas.

"Nós filmamos enquanto entrevistamos os moradores e fizemos um documentário que está sendo finalizado. A ideia é lançar junto com o livro. A intenção é valorizar os artistas independente da exposição que tiveram na mídia, pois suas contribuições para a arte nacional são ímpares", contou Victor ao UOL.

Reprodução
Isa Rodrigues, à esquerda, em foto do livro e ao lado de Dercy Gonçalves Imagem: Reprodução


Apresentador de programas regionais de Barretos, São Paulo, Victor contou que a ideia surgiu durante uma pesquisa em busca de uma entidade que prestasse essa função de acolher artistas do país.

"A gente conhecia o Retiro por menções em veículos de comunicação. Estavam tendo algumas campanhas a favor do Retiro na televisão, o pessoal do 'Pânico' estava tentando renovar o contrato para imitar o Silvio Santos e uma das cláusulas que o Silvio colocou é que fizesse doação para o Retiro dos Artistas. Depois, o Fausto Silva também fez algumas menções à casa, fez algumas doações para leilão. A partir disso, nós queríamos também dar a nossa contribuição para essa entidade e achamos por bem emprestar nosso trabalho na área jornalística para escrever o livro", explica ele, que começou a idealizar o projeto com o irmão em 2013.

No livro, os autores destacam a importância histórica da instituição, ilustram alguns eventos importantes com fotos de artistas que passaram por lá e contam que foram surpreendidos positivamente ao visitarem o Retiro.

"Ao invés de um lugar soturno, nos deparamos com a Casa repleta de intensas atividades (físicas e de interação social). Ao invés de baú de lamúrias, caderno com belas páginas de vida... Evidente que ouvimos tristezas, angústias, inerentes a quem neste mundo vive. Contudo, nem de longe lembra o sodalício temido inclusive e principalmente por alguns artistas que ainda estão cena", relatam em um trecho.

Nas entrevistas com alguns moradores que estão no documentário e no livro, artistas como Isa Rodrigues e Elóy Fernandes, o Palhaço Galeguinho, que passou pelo "Cassino do Chacrinha", lembram sua trajetória artística.

"Trabalhei com Walter D’Avila, Oscarito, Grande Otelo, José Vasconcelos e Costinha", conta Isa Rodrigues, 86 anos, que foi vedete da Companhia de Dercy Gonçalves e passou pela TV Excelsior, TV Rio e TV Tupi.

Reprodução
A ex-frenética Edyr Duque em foto antiga e atual no Retiro dos Artistas Imagem: Reprodução


A ex-frenética Edyr Duque, 67 anos, vive no Retiro desde 2012. "Tenho orgulho de estar aqui, um lugar excelente, que tem ótimos profissionais. Peço que os novos atores sejam solidários uns com os outros. A classe precisa".

Stepan Nercessian, atual presidente do Retiro, conta em depoimento ao livro que conseguiu apoios importantes de artistas, como  Dercy Gonçalves e Fernanda Montenegro, além de tirar o rótulo de que os artistas que vivem na entidade terminam a carreira fracassados. "Dizia a Dercy que quando se rogava uma praga a um colega de profissão, dizia que ele passaria os fins dos dias no Retiro", lembra.

Victor e Vinicius decidiram doar todos os direitos autorais ao Retiro dos Artistas, local onde farão o lançamento do livro no Rio de Janeiro.  "O Retiro dos Artistas tem um perfil histórico muito denso e rico e foi criado justamente para acolher esses artistas que não tinham condições de se manter, de ter um final de vida digno. Localizamos uma instituição que fazia este trabalho de acolhimento e ao mesmo tempo, dentro dela, nós encontramos personagens da história da cultura nacional da classe artística que têm um relato e um currículo de vida bastante interessante", conclui Victor.

Reprodução
Maestro Edson Frederico (ao centro) com Tom Jobim, Toquinho, Miucha e Vinicius de Moraes, durante baile dos artistas do Retiro na década de 70 Imagem: Reprodução

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo