TV e Famosos

Pitt fez exame toxicológico em investigação sobre agressão, diz revista

Do UOL, em São Paulo

29/09/2016 08h57

Brad Pitt se submeteu voluntariamente a um exame toxicológico como parte das investigações conduzidas pelo Departamento de Serviços para Crianças e Família do estado da Califórnia (EUA). De acordo com a revista “People”, o ator, acusado de ter agredido verbal e fisicamente o filho Maddox, 15, está “cooperando totalmente” com as autoridades responsáveis.

Consultada pela publicação, a instituição afirmou que é “padrão” que pais investigados por abuso sejam submetidos a testes do tipo.  Pitt também já prestou depoimento ao departamento.

Uma fonte próxima ao ator disse que ele está levando o caso “muito a sério”. “Ele diz que nunca cometeu nenhum abuso contra seus filhos. É infeliz que as pessoas envolvidas continuem a retratá-lo da pior forma possível”, acrescentou.

Pitt é investigado por uma briga que aconteceu com Maddox em um avião particular, no dia 14 de setembro – e pela qual foi denunciado de forma anônima aos serviços sociais. Segundo informações divulgadas pelo site TMZ, Pitt e Angelina Jolie começaram a discutir pouco após o avião decolar. Maddox então teria interferido, verbalmente, para defender a mãe. O ator então teria avançado sobre o filho e a atriz se colocou entre os dois. Pitt teria encostado no filho, mas não está claro se isso ocorreu de forma intencional ou não. Também há dúvidas quanto ao estado de sobriedade em que ele se encontrava no momento.

O FBI também está analisando a possibilidade de lançar uma investigação própria sobre o caso. Uma fonte da “People”, porém, afirmou que não parece provável que o órgão vá se envolver. 

Guarda dos filhos será disputada na Justiça

Jolie deu entrada no divórcio no último dia 19. "Essa decisão foi tomada pelo bem-estar da família. Ela não irá comentar, e pede que a família tenha privacidade neste momento", disse o advogado Robert Offer à agência Reuters. Ela está pedindo à Justiça para ficar com a custódia física dos filhos. Caso o juiz acate o pedido, as crianças irão morar com a atriz, mas Pitt ainda terá direito de visitá-las e de participar das decisões referentes a elas. 

Pitt, que pretende brigar na Justiça pela guarda das crianças, se manifestou por meio de um comunicado oficial enviado à revista "People": "Estou muito triste, mas o que importa agora é o bem estar de nossos filhos. Eu gentilmente peço à imprensa que dê o espaço que eles merecem neste momento desafiador".

De acordo com o site TMZ, o motivo foi uma divergência em relação aos seis filhos do casal -- Maddox, Pax, 12, Zahara, 11, Shiloh, 10, e os gêmeos Knox Leon e Vivienne Marcheline, 8. A publicação citou uma fonte próxima ao casal que informou que Jolie estava "extremamente chateada" com a forma como Pitt cuidava dos filhos.

Outra fonte ouvida pelo TMZ afirmou que Jolie sentia que Pitt podia representar um risco às crianças, por abusar da maconha e do álcool e ter problemas para lidar com a raiva.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo