PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

"Uma assinatura me custou R$ 23 mi, fiquei a zero, mas paguei", diz Datena

Do UOL, em São Paulo

23/11/2016 18h56

José Luiz Datena, apresentador do "Brasil Urgente", da Band, disse que ficou "zerado" e "prejudicado" depois de pagar o valor de R$ 23 milhões por "uma assinatura". Sem entrar em detalhes, o jornalista, porém, fez uma espécie de mea-culpa ao afirmar que, se assinou o documento, ele mesmo assumiu também a responsabilidade pelo pagamento de um compromisso.

"Uma assinatura, Téo [José, narrador], custou pra mim R$ 23 milhões. Eu assinei... Me perguntam 'foi legal o que fizeram com você?'. Eu não sei, [mas] se eu assinei, tenho que pagar, eu paguei. Fiquei a zero, mas paguei, fiquei prejudicado, mas assinei", disse ele, sob gargalhadas.

Datena não citou a qual empresa/emissora teria pago esse valor, mas, de acordo com informações do colunista Flávio Ricco, do UOL, em 2012, a Record cobrou um valor milionário do apresentador (bem próximo ao que foi citado no ar) pela rescisão do seu contrato em 2003.

Antes de entrar nesse assunto, Datena, Téo e Neto estavam discutindo a situação do jogador Neymar, que teve a sua prisão de dois anos pedida pelo Ministério Público espanhol.

Ele e o pai são acusados por supostas ilegalidades na transferência do atleta para o Barcelona. Datena defendeu a punição do jogador, se culpado.

TV e Famosos