TV e Famosos

"Walking Dead" mostra colônia de mulheres após massacre provocado por Negan

Divulgação
Tara retorna a série e conhece a comunidade Oceanside composta só por mulheres Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

28/11/2016 02h17

ALERTA DE SPOILER: SE VOCÊ NÃO QUER SABER O QUE ACONTECEU NO SEXTO EPISÓDIO DA SÉTIMA TEMPORADA, NÃO PROSSIGA!

“The Walking Dead” caminha para a reta final da primeira metade da sétima temporada com a introdução de novos importantes personagens. O episódio, chamado “Swear”, exibido neste domingo (27) pela Fox no Brasil, mostrou o que aconteceu com Tara e Heath enquanto o bando de Rick sofria nas mãos de Negan, que mais uma vez não deu as caras. Depois de apresentar o Reino e o Santuário, foi a vez de conhecer a colônia Oceanside, composta somente por mulheres.

Andando pelas estradas, Tara e Heath viram zumbis saindo de uma pilha de areia que é movida e as criaturas caminham em direção aos dois. Devido à grande quantidade, Tara e Heath se separaram quando ela cai de uma ponte e é encontrada por duas mulheres e uma menininha, que não a ajudam e seguem em frente. Porém, Tara acorda e as persegue escondida, chegando até a Oceanside. Lá, Tara é abordada pela líder, Natania.

O início mostrou que as mulheres da comunidade têm uma regra para quem se aproximar delas: matar todos. Mas com Tara foi diferente. As mulheres a prenderam e a obrigaram a falar de onde veio. Tara contou sobre a matança que Rick planejou contra os Salvadores e, receosas, elas planejaram matá-la com medo de que os Salvadores pudessem ir atrás delas.

Reprodução/Fox
Natania é a líder da comunidade Oceanside Imagem: Reprodução/Fox

Depois de saírem à procura de Heath, Tara percebe que caiu em uma armadilha. Com uma arma apontada na cabeça por uma delas, Tara descobre que as mulheres de Oceanside também foram vítimas de Negan. Antes de se instalarem na comunidade à beira do mar, as mulheres viviam em outra colônica com os filhos e maridos quando foram dominadas pelos Salvadores. Eles não queriam ficar submissos a Negan e, por consequência, o vilão ordenou que fossem mortos todos os homens e meninos com mais de dez anos. Após o massacre, as mulheres fugiram.

Tara conseguiu fugir e retornar para Alexandria, feliz, sem saber que a namorada, Denise, e os amigos, Gleen e Abraham, foram mortos. Ao chegar no portão, ela encontrou Eugene chorando. Rosita contou tudo que aconteceu, para depois perguntar se ela tem armas e munição.

A cada novo episódio, “The Walking Dead” mostra como estão os personagens que não participaram do massacre proporcionado por Negan no retorno da sétima temporada. Apesar de alguns serem tediosos, cada episódio é importante para saber que rumos a trama irá tomar. É bem provável que Oceanside forme uma aliança com Alexandria, Hiltop e o Reino para as quatro acabarem com Negan e os Salvadores, tendo em vista que a comunidade das mulheres está cheia de armas, enquanto Alexandria está zerada.

O próximo episódio, que vai ao ar no dia 4 de dezembro, chamado “Sing Me a Song”, Negam reaparece e teremos um olhar mais profundo do Santuário e do mundo dos Salvadores. Enquanto isso, membros de Alexandria sairão em busca de suprimentos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo