PUBLICIDADE
Topo

Brichta investigará traições nos anos 50 em série: "Marido matava a mulher"

Vladimir Brichta em "Rock Story" - João Cotta/Divulgação/TV Globo
Vladimir Brichta em "Rock Story" Imagem: João Cotta/Divulgação/TV Globo

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

02/12/2016 18h00

Atualmente no ar como o protagonista Gui Santiago em "Rock Story", Vladimir Brichta mudará radicalmente de ares em seu próximo trabalho na Globo, a série "Zózimo", baseada no livro "O Corno que Sabia Demais", de Wander Antunes. Ele interpretará o personagem-título, um detetive amoral que investiga casos extraconjugais.

A série se passará nos anos 1950 – o que é o ideal, segundo o ator, já que as atitudes dos personagens não seriam aceitáveis hoje.

"Acho que um dos grandes baratos é que, quando a gente faz série de época, a gente discute aquela época, discute valores que não fariam sentido. Os personagens discutem coisas que hoje seriam um machismo inaceitável. Ela só faz sentido nos anos 1950, quando o marido traído matava a mulher e era absolvido porque estava limpando a honra", diz Brichta.

Zózimo terá como companheiros um delegado "meio honesto, meio corrupto" interpretado por Ailton Graça e uma prostituta vivida por Regiane Alves. Mas nenhum deles será um mocinho tradicional. "O mais importante é o tema amoral. Os personagens não são bons, eles tem um conflito interno muito mais poderoso", contou o autor Mauro Wilson. A série só deve ser gravada no meio de 2017. 

Globo investe em séries no estilo gringo e renova programação para 2017

UOL Entretenimento