Topo

Famosos

Solange Gomes desabafa após perder posto de rainha de escola de samba

Reprodução/Instagram
Solange Gomes está chateada Imagem: Reprodução/Instagram

Felipe Abílio

Do UOL, em São Paulo

02/12/2016 20h25

Solange Gomes usou suas redes sociais para desabafar que foi boicotada no carnaval carioca. Após 21 anos na escola de samba Porto da Pedra – e há quatro como rainha da escola – a modelo afirma que foi tirada da escola sem ser comunicada formalmente.

“Foram 21 anos de dedicação, alegrias, conquistas e por fim... Decepção! O carnaval somou a minha história, não foi ponto alto ao meu ponto de vista, pois não permitiram, ao longo desses 21 anos, fiz amigos queridos e alguns desafetos, não por minha culpa, mas por responsabilidade da estrela que possuo, que faz brilhar sem fazer muito esforço, e pasmem: Isso é um problema! Fui tirada, arrancada, humilhada e desrespeitada com palavras chulas de um dirigente de uma agremiação que dediquei e ajudei crescer durante 21 anos”, escreveu.

Em conversa com o UOL, a modelo disse que estava se sentindo perseguida desde que ganhou o título de rainha em 2012 por alguns dirigentes da escola.

“Muitas pessoas dentro da escola não gostaram de ter chegado a rainha da escola e passei por coisas bem desagradáveis em ensaios técnicos, era barrada para subir no palco, às vezes não tinha nem água para tomar. Nunca pedi um camarote, nunca fui abusada de chegar com muita gente na escola, tinha vergonha de levar algumas pessoas porque elas não eram bem tratadas. Um dos dirigentes que é casado quis um relacionamento comigo em 2012, mas eu nunca dei bola, acho que ele ficou com isso na cabeça e foi envenenando outras pessoas”.

Solange ainda não sabe se existe a possibilidade de voltar a passarela do samba em 2017.

“Na Porto da Pedra não dá, não tem clima nenhum, mas não estou buscando absolutamente nada, estou finalizando a minha biografia, estou focada nisso, se rolar algum convite…! Por um lado dá até alívio porque você não gasta com fantasia e tudo”.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!