TV e Famosos

Neil Patrick Harris troca terno de Barney por vilão "teatral" em nova série

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

09/12/2016 10h45

Os ternos bem cortados do Barney de “How I Met Tour Mother” definitivamente ficaram em 2014 para o ator Neil Patrick Harris. Depois de usar figurinos extravagantes em uma participação em “American Horror Story” e no sucesso da Broadway “Hedwig and the Angry Inch”, o ator retorna à TV quase irreconhecível no papel do conde Olaf, vilão da adaptação televisiva de “Desventuras em Série”, que estreia em janeiro na Netflix.

“Barney era divertido porque ele se vestia muito bem”, diz Harris ao UOL, lembrando sua passagem pela sitcom que durou nove temporadas. “Ternos são ótimos, principalmente quando eles caem tão bem. Isso tornou o trabalho bem mais fácil, porque eu sabia que sempre ia usar um terno. Era mais difícil para Ted e Marshall, porque eles tinham que estar na moda, usar camisas grandes, moletons, golas V. Eu sempre usava ternos, então era divertido e simples.”

Com ou sem terno, porém, a diversão é a mesma para o ator, cujo novo personagem é um ator canastrão que tenta a qualquer custo por as mãos na fortuna dos irmãos Violet (Malina Weissman), Klaus (Louis Hynes) e Sunny. “Olaf é divertido de uma forma teatral. Uma coisa interessante sobre a forma como ele se veste é que o livro nunca diz em que ano estamos, e pelas ilustrações e pelo estilo de fábula da história, parece que estamos nos anos 1940, 1930, como ‘O Estranho Mundo de Jack’. Tínhamos que vestir coisas que não entregassem o período em que estávamos. Olaf usa casacos longos, golas tartaruga, ele pensa que é tipo um gângster dos anos 1970”.

Netflix/Divulgação
Neil Patrick Harris ficou irreconhecível para fazer vilão que tenta roubar fortuna de três órfãos Imagem: Netflix/Divulgação

Quatro horas de próteses e rugas
Escondido sob uma maquiagem que levava três horas para ser feita --e o fazia acordar às 4h30 para receber próteses e rugas--, Harris ganhou uma aparência grotesca para assustar os atores mirins da produção. E para não causar medo também nos filhos Gideon e Harper, 6, frutos de seu casamento com David Burtka, ele teve de adotar uma estratégia especial –assim como fez na época de “Hedwig”, em que interpretava uma mulher transexual.

 “Queria garantir que meus filhos conhecessem o processo por trás daquilo, para que eles não ficassem assustados [achando] que o pai deles de repente era uma mulher”, contou. “Então eles vieram, me viram entrar na maquiagem, conheceram as pessoas que faziam isso e fizemos o mesmo dessa vez. Eu mandei vídeos apresentando eles para a mulher que colocava tudo, fiz um vídeo mostrando a colocação das próteses, para que eles entendessem, quando vissem Olaf, como eu tinha me transformado.”

Apesar do tom sinistro da história, já que nada de bom acontece com Violet, Klaus e Sunny nos livros de Lemony Snicket, os gêmeos gostaram da série. “Eles assistiram ao primeiro episódio, enquanto nós ainda estávamos no set, e riram muito. É um pouco sombrio para crianças de 6 anos, mas eles conheciam todo mundo e tinham ido ao set, então foi mais fácil."

Comparações com o filme estrelado por Jim Carrey
Estreando treze anos após o filme homônimo com Jim Carrey no papel de Olaf, a série "inevitavelmente” atrairá comparações com o longa e com os livros, acredita Harris. Mas ele espera que o saldo seja positivo para a trama da Netflix, que encaixou nos oito episódios as histórias dos quatro primeiro livros da saga (“Mau Começo”, “A Sala dos Répteis”, “O Lago das Sanguessugas” e “Serraria Baixo Astral”).

“Espero que haja mais comparações entre a série e os livros, porque nos esforçamos muito para garantir que o que você leu ganhasse vida na tela de TV”, diz. “O filme é uma coisa à parte. Nós temos mais tempo, temos duas horas por livro. O que é muito tempo, então você pode sentar imóvel, você pode ficar nervoso, você pode sentir que as coisas são assustadoras e misteriosas quando você tem esse tempo, e no filme é mais difícil porque você tem que ir para a outra cena muito rápido e avançar a história”.

“Desventuras em Série”
Onde: na Netflix
Quando: 13 de janeiro

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos

Topo