PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Palácio nega morte da Elizabeth 2ª, que está gripada, após onda de boatos

Em setembro de 2015, a rainha Elizabeth 2ª se tornou a monarca a ocupar mais tempo o trono britânico - Reprodução/viewerscorner
Em setembro de 2015, a rainha Elizabeth 2ª se tornou a monarca a ocupar mais tempo o trono britânico Imagem: Reprodução/viewerscorner

Do UOL, em São Paulo

30/12/2016 14h56

A rainha Elizabeth 2ª, 90 anos, precisou se recolher para tratar de um forte resfriado. Nesta sexta-feira (30), completam 10 dias que ela está reclusa no palácio rural de Sandringham, na Inglaterra.

O silêncio da monarca fez disseminar, nas redes sociais, a falsa notícia de que ela teria morrido. Os boatos levaram o Palácio de Buckingham a confirmar, em comunicado, que ela está viva.

"A rainha e o duque de Edinburgh continuam recuperando de um forte resfriado", informou o palácio, segundo o tabloide britânico "Daily Mail".

A notícia se espalhou após uma conta falsa da BBC divulgar a mensagem: "URGENTE: O Palácio de Buckingham anuncia a morte da Rainha Elizabeth 2ª aos 90 anos de idade. As circunstâncias são desconhecidas. Mais informações em breve". Tudo não passava de uma piada de mau gosto.

O forte resfriado da rainha fez com que ela precisasse faltar, pela primeira vez em quase 30 anos, ao tradicional almoço de Natal.

Elizabeth costuma estar bem de saúde e quase não fica doente. Durante o ano, ela cumpriu normalmente sua agenda, embora tenha viajado com menos frequência do que em outras épocas. O marido dela, o príncipe Philip (95), também está sofrendo com uma forte gripe. 

Famosos