Televisão

Ellen DeGeneres tira cantora de seu programa após comentários homofóbicos

Getty Images e Reprodução/Instagram/kimburrelllove
A apresentadora Ellen DeGeneres cancelou participação de cantora Kim Burrell (à direita), que se apresentaria com Pharrell em seu programa Imagem: Getty Images e Reprodução/Instagram/kimburrelllove

Do UOL, em São Paulo

04/01/2017 15h24

Ellen DeGeneres cancelou a participação da cantora gospel Kim Burrell em seu programa, o “The Ellen DeGeneres Show”. A decisão, comunicada pela apresentadora na terça-feira (3), foi tomado por causa dos comentários homofóbicos feitos pela artista.

Burrel iria comparecer ao programa nesta quinta para apresentar, ao lado de Pharrell Williams, a música “I See a Victory”, que está no filme “Estrelas Além do Tempo”. Mas DeGeneres, que é assumidamente lésbica, afirmou em seu Twitter que a cantora não iria mais ao programa. “Para quem está perguntando, Kim Burrell não vai aparecer no meu programa”.

Em um vídeo postado no último dia 30, Burrell, 44, dá um sermão e sugere que gays irão morrer em 2017 por causa dos seus pecados. “Eu vim falar sobre pecado. A natureza do pecado. O espírito pervertido homossexual e o espírito da confusão enganaram muitos homens e mulheres, e causou dor (...). Você brinca com isso. O que isso significa? Você vai morrer disso. Você brinca com isso na casa de Deus em 2017, você vai morrer por causa disso”, disse ela, de acordo com a revista "People" e a emissora CNN. 

Burrell também é fundadora de uma igreja baseada no Texas, a Love and Liberty Fellowship Church International. 

Pharrell Williams, que se apresentaria com ela, falou sobre o corrido no Twitter. “Eu condeno discurso de ódio de qualquer tipo. Não há espaço no mundo para qualquer tipo de preconceito. Meu maior desejo é por inclusão e amor para toda a humanidade em 2017 e além”, escreveu.

Janelle Monáe, que também colabora na trilha de “Estrelas Além do Tempo”, repostou a mensagem de Williams e acrescentou: “Eu inequivocamente repudio todo e qualquer comentário de ódio contra a comunidade LGBT. Eu estou pessoalmente mais do que exausta pela ignorância e pelo preconceito que vivem em algumas pessoas. Às vezes, quero socar e estapear muitas pessoas quando leio e ouço a merda que sai das bocas deles. Eu vou me regozijar quando as pessoas pararem de pensar que elas são Deus, ou assistentes de Jesus, escolhendo quais pecados são aceitáveis pela Bíblia e usando a Bíblia como chicote”. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
UOL Entretenimento
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Ricardo Feltrin
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo