Televisão

Canal Sexy Hot encerra incrições para filmes pornô em menos de 24 horas

Divulgação
Anúncio do Sexy Hot para interessados em atuar em filmes pornôs Imagem: Divulgação

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

05/01/2017 15h09

O Sexy Hot encerrou as inscrições para interessados em atuar em filmes pornô do canal em menos de 24 horas. Sem divulgar o número de vagas e de inscritos, a assessoria de imprensa do canal disse que a campanha, iniciada nesta quarta-feira (4), foi "sucesso". Os candidatos deviam ser maiores de 18 anos e enviar currículos com fotos para avaliação. De acordo com Maurício Paletta, diretor da Playboy Brasil, dona do Sexy Hot, a equipe enviará esses currículos para as produtoras parceiras para testes de elenco.

Segundo o diretor, tudo será avaliado: “Não estamos buscando nenhuma característica específica. O que será levado em conta pelas produtoras é o somatório: desempenho, atributos e aspectos físicos dos atores e atrizes”, explica Paletta ao UOL. O valor do cachê pago aos atores não foi divulgado.

Nos últimos anos, o Sexy Hot vem se renovando em ações e em projetos para chamar a atenção da audiência e enfrentar concorrência. Em 2016, o site lançou o Sexy Hot 360º, plataforma que reuniu toda a produção do canal de maneira interativa, possibilitando ao público acompanhar as cenas por todos os ângulos.

“No Sexy Hot 360º o usuário pode navegar e ter a sensação de fazer parte real de um filme pornô. Nossos assinantes, sejam do canal ou do site, tem acesso a um conteúdo de qualidade, produzidos por profissionais experientes da indústria pornô nacional”, afirma o diretor.

Há quatro anos, o canal também criou o Prêmio Sexy Hot, com o objetivo de destacar os profissionais que atuam na indústria pornográfica. De acordo com Paletta, o evento é também uma tentativa de dar mais glamour à indústria pornô e acompanhar o crescimento da audiência por esse tipo de conteúdo, tanto na internet quanto na TV paga.

“Toda a organização e produção do prêmio são feitas pela equipe do Sexy Hot. Procuramos definir as categorias da forma mais democrática possível, sempre atentos ao universo pornô”, diz ele, que ressalta que as mulheres tem aderido cada vez mais as assinaturas do canal. “A porcentagem entre homens e mulheres é bastante equilibrada, mas 54% dos assinantes são do sexo feminino”, afirma.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo