Topo

Famosos

Modelo é expulsa do Peru depois de chamar povo local de "índios marginais"

Reprodução/El Comercio
Modelo argentina é expulsa do Peru Imagem: Reprodução/El Comercio

Do UOL, em São Paulo

07/01/2017 15h30

A modelo argentina Julieta Rodríguez foi expulsa do Peru nesta sexta-feira (7), menos de um mês depois do vazamento de um áudio no qual ela classifica os peruanos como "índios marginais".

De acordo com informações do jornal "El Comercio", Julieta Rodríguez estava no País havia dois anos, tinha permissão para trabalho, mas a justificativa para a sua deportação --e sem direito a apelação imediata-- foi o suposto endereço de moradia falso dado às autoridades locais.

Ex-participante dos três principais reality shows no País, Julieta se tornou foco da fúria peruana depois que um áudio, onde ela chama o povo local de "índios marginais" e de "latinos de merd*", se espalhou pelas redes sociais em meados de dezembro.

A modelo se defendeu dizendo que os termos eram direcionados a pessoas que a fizeram mal e não à população geral. Ela afirmou ainda que não era racista, que "amava o Peru" e que o "País era o seu lugar no mundo".

Nada disso, porém, foi o suficiente para acalmar as críticas, e nesta sexta Julieta embarcou para a Argentina sem dar declarações à imprensa local. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!