Novelas

Após dois anos vendendo cerâmica, atriz Iara Jamra volta à TV na Record

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

13/01/2017 04h00

A atriz Iara Jamra, de "Rá-Tim-Bum", "Zorra Total" e novelas como "O Rei do Gado", está de volta à TV. Ela ficou afastada durante dois anos, período em que se dedicou às aulas de teatro e à venda de pinturas em cerâmica. Em 2017, Iara está no elenco de "Belaventura", trama das sete da Record que substituirá a reprise de "A Escrava Isaura".

Ao UOL, Iara admite sentir falta de atuar na televisão, mesmo com a dificuldade de morar em São Paulo e trabalhar no Rio: "Gosto de fazer TV, do processo de decorar, encenar e gravar, apesar da espera. É difícil, não é mole fazer TV, tem que ficar à disposição. Moro em São Paulo, tenho uma vida toda em São Paulo e a Record [no Rio de Janeiro] é bem longe. Não vai ser fácil, mas gosto do processo".

Sem trabalho na televisão (seu papel mais recente havia sido em "Zorra Total"), Iara passou os últimos dois anos ensinando teatro em escolas e produzindo peças de cerâmica, atividade que sempre conciliou com a carreira de atriz. Apesar da crise que a deixou "bem parada" em 2016, as pinturas venderam bastante em feiras e bazares organizados por ela em locais como a praça Roosevelt, polo cultural no centro de São Paulo.

"Queria viver disso, mas não consigo. Não sobrou nada, primeiro porque pinto tudo sozinha e dá muito trabalho, tem que estar sempre aprendendo. Não é fácil, é um ofício. Fiz brincando e acabou rolando, mas não dá para fazer sozinha. Agora vou chegar em casa, [se ficar] dois, três dias sem fazer nada já fico louca, invento, faço uma leva e depois comercializo", explica.

Montagem/Reprodução/TV Globo/Record
Montagem com as empregadas de Iara Jamra: Lurdinha em "O Rei do Gado" (1996) e Brasilina em "Roda da Vida" (2001) Imagem: Montagem/Reprodução/TV Globo/Record

Empregada mais uma vez

Iara começou a matar a saudade da TV na última terça (10), quando se reuniu com o elenco e a direção de "Belaventura" no antigo RecNov, atualmente arrendado para a produtora Casablanca, responsável pelas novelas da Record. As gravações começarão em fevereiro. No encontro, ela descobriu que fará novamente uma empregada na TV.

A atriz de 61 anos garante que não se importa com papéis repetidos. Ela já interpretou as empregadas Brasilina, em "Roda da Vida" (Record), e Lurdinha, em "O Rei do Gado" (Globo), sua personagem mais marcante em novelas.

"Adoro fazer empregada, não tenho nenhum problema. Tem gente que reclama que só faz galã, bonzinho ou vilão. Mas é muito difícil fazer coisas diferentes na TV. Acho que é o meu tipo, minha voz. Sou meio hippiezinha, caipira, tenho sotaque muito paulistano e me jogam para o interior", analisa.

Em "Belaventura", Iara será Inezita, empregada que trabalha no palácio do conde interpretado por Bemvindo Sequeira. A atriz recebeu 40 capítulos e diz, com bom humor, como está se preparando para a personagem. "Ela é descendente de espanhóis e reclama do patrão em espanhol. Estou vendo filmes do Almodóvar", brinca.

Novelas? Iara Jamra é mais famosa por "Rá-Tim-Bum"

Reprodução/TV Cultura
Iara Jamra interpreta Nina em "Rá-Tim-Bum" (1990), programa infantil da TV Cultura Imagem: Reprodução/TV Cultura
Embora tenha no currículo dezenas de novelas, filmes e peças de teatro, Iara Jamra é reconhecida até hoje por ter atuado no programa infantil "Rá-Tim-Bum", da Cultura. Sua personagem, Nina, marcou uma geração ao contar histórias do dia a dia da família em seu quarto.

"É a coisa mais incrível, são pessoas que viram pequenininhas. O comissário do meu voo me falou 'Parabéns, adorei te encontrar, você fez parte da minha infância'. No Rio lembram a voz e acham que fiz 'Escolinha do Professor Raimundo', misturam um pouco. Em São Paulo é mais marcante", compara.

Por falar em Nina, por que a boneca dela era careca? Essa pergunta sempre ficava no ar em "Rá-Tim-Bum" porque, quando a menina estava prestes a revelar o mistério, era interrompida pela mãe. Mas agora o segredo terminou. Iara finalmente conta porque a boneca de Nina não tinha cabelo.

"O quadro não foi gravado, aí inventei uma história que eu tinha um cabelo comprido e gostava de comer chiclete. Aí dormi com o chiclete e quando acordei o cabelo estava todo emaranhado. Minha mãe me levou ao cabeleireiro e teve de cortar curtinho, careca. Quando cheguei em casa, vi minha boneca toda loira e falei 'vai ficar careca também', mas o meu cabelo cresceu e o dela não", diverte-se.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Blog do Maurício Stycer
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Blog do Nilson Xavier
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Blog do Nilson Xavier
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
Blog do Maurício Stycer
Da Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
Topo