Televisão

Crianças de "Cidade dos Homens" foram escolhidas pelo carisma, diz diretor

Paulo Belote/TV Globo
Luan Pessoa e Carlos Eduardo Jay em cena de "Cidade dos Homens", minissérie da Globo Imagem: Paulo Belote/TV Globo

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

17/01/2017 04h00

Estrelas da sequência de "Cidade dos Homens", que estreia na Globo nesta terça-feira (17), os filhos de Laranjinha (Darlan Cunha) e Acerola (Douglas Silva) nasceram e cresceram em uma favela do Rio de Janeiro, porém na vida real a história é diferente. Em uma seleção com dezenas de candidatos, a produção da minissérie escolheu dois meninos que não vieram de comunidades carentes.

As duas crianças são Luan Pessoa, intérprete de Davi, e Carlos Eduardo Jay, que vive Clayton, respectivamente os filhos de Laranjinha e Acerola. O diretor da minissérie justifica a escolha pelo "carisma" dos meninos e diz que o fator social não foi determinante para a seleção.

"Eles não foram escolhidos pela semelhança de condições sociais, e sim pelo carisma, pela espontaneidade, por conseguirem fazer cenas de forma verdadeira e divertida. Não só o fato de que tem que parecer com os personagens na vida real. Morar em comunidade poderia ser um passo a mais, mas não era um pré-requisito, não. Eles não são [de comunidade]. Em nenhum momento testamos só meninos de comunidades. Focamos em quem funcionasse melhor como ator", explica o diretor Pedro Morelli.

Outro fator que influenciou a escolha dos meninos foi a idade. No roteiro original, escrito por George Moura e Daniel Adjafre, os filhos de Laranjinha e Acerola teriam entre 11 e 13 anos. O diretor, entretanto, optou por crianças mais novas. A intenção é acompanhar o crescimento das crianças nas próximas temporadas, ainda não confirmadas.

"Eram velhos demais, não ficava bonitinho vê-los como pais e filhos, não tinha química. Achamos um com nove [Luan Pessoa] e outro com dez [Carlos Eduardo Jay]. Dá muito mais trabalho trabalhar com criança pequena, só que vinha um frescor, um carisma, um charme desses meninos que ganhou", elogia Morelli.

Filho de antigo diretor comanda nova "Cidade dos Homens"

Diuvlgação/Flávio Zappala
Paulo Morelli e seu filho, Pedro Morelli, dirigiram juntos o filme "Entre Nós" (2014) Imagem: Diuvlgação/Flávio Zappala
A sequência de "Cidade dos Homens" com os filhos de Laranjinha e Acerola tem um significado especial para o diretor. Estreante na Globo, Pedro Morelli, de 30 anos, é filho de Paulo Morelli, que dirigiu as temporadas anteriores, entre 2002 e 2005, e o filme baseado na série, lançado em 2007.

"Há um certo simbolismo com o fato de o filho do diretor da temporada antiga estar dirigindo agora. Cheguei a escrever roteiro com ele, fiz o making of. Tinha 18 anos, fazia faculdade de Cinema ainda, cresci ali. Foi uma honra, um orgulho enorme fazer parte da história dessa série, desta vez como diretor, e dando de certa forma prosseguimento ao trabalho do meu pai. Foi uma coisa muito gratificante e com um sabor muito especial para mim", comemora.

A minissérie com quatro episódios, realizada em parceria com a produtora O2, foi gravada em suas semanas no Vidigal, comunidade na zona sul do Rio, e nos Estúdios Globo. Os três primeiros contêm flashbacks das temporadas anteriores. O capítulo final terá somente cenas inéditas: "Reaproveitamos uma cidade cenográfica de favela que já tinha lá, de novela, mas só casas. Tudo que era externo filmamos no Vidigal. Só o fato de colocarmos habitantes de comunidades em primeiro plano já traz um conflito social".

A discussão social sobre a qualidade de vida nas favelas, presente nas primeiras temporadas, é mantida nesta sequência desde o primeiro episódio, quando Laranjinha descobre que o filho tem um grave problema do coração e precisará ser operado, porém não conseguirá atendimento rápido na rede pública de saúde e apelará ao dinheiro do tráfico, desafiando inclusive seu melhor amigo, Acerola.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
do UOL
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
Topo