TV e Famosos

Série brasileira "3%" foi vista "por milhões" nos EUA, diz Netflix

Pedro Saad/Netflix/Divulgação
Candidatos são submetidos a um árduo processo seletivo em "3%", série brasileira da Netflix Imagem: Pedro Saad/Netflix/Divulgação

Do UOL, em São Paulo*

19/01/2017 11h30

Primeira série brasileira da Netflix, “3%” teve um bom desempenho de audiência. Em carta direcionada aos seus investidores, a empresa destacou a produção e afirmou que ela conquistou “milhões” de espectadores nos Estados Unidos.

Segundo o serviço de streaming, “’3%’ estreou como uma das séries originais mais vistas no Brasil e foi bem recebida na América Latina. Além disso, contrariando o senso comum, milhões de assinantes dos Estados Unidos assistiram à série dublada ou legendada em inglês, fazendo de ‘3%’ a primeira série em português a viajar significativamente além da América Latina e de Portugal”.

Não foram divulgados números de audiência, já que a empresa não costuma revelar os dados e nem uma lista de conteúdos mais vistos. Durante a CCXP, que aconteceu em dezembro, a série foi renovada para sua segunda temporada

Outras séries

Comentando os resultados obtidos no quarto trimestre de 2016, a Netflix ainda informou que “Luke Cage”, “The Crown” e “Black Mirror” continuam a ter bons índices de audiência ao redor do mundo. Uma das grandes apostas da empresa para o fim do ano, “Gilmore Girls: Um Ano para Recordar”, estreou no top 10 dos mais vistos da plataforma em todos os territórios em que ela está disponível .

A carta ainda reforçou a intenção da Netflix de investir US$ 6 bilhões me conteúdo original em 2017 e dedicar boa parte de seus esforços a produções locais.

Crescimento recorde

A Netflix ainda registrou na carta que teve o maior aumento trimestral de números de usuários em sua história.         

A empresa estimou um número de 93,8 milhões de usuários no fim de dezembro, o que representa um aumento de 7,05 milhões em três meses, ultrapassando largamente sua previsão de aumento de 5,2 milhões, que havia sido comunicada em outubro.

"Foi o maior trimestre em termos de contagem líquida da nossa história, pelo aumento de assinantes tanto nos Estados Unidos como no exterior", comemorou a diretoria da empresa em sua carta trimestral destinada aos acionistas.

No quarto trimestre do ano passado, a Netflix ganhou 1,93 milhão de usuários nos Estados Unidos e 5,12 milhões no exterior, onde atualmente está intensificando os esforços e onde se encontram 47% de seus clientes.

O grupo se mostra otimista diante do primeiro trimestre de 2017 e espera aumentar sua audiência com outros 5,2 milhões de usuários, sendo 3,7 milhões no exterior. 

*Com informações da AFP

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo