TV e Famosos

Lena Dunham lembra como vendeu "Girls": "Nunca vi ninguém igual na TV"

Divulgação/HBO
Hannah (Lena Dunham) na sexta e última temporada de "Girls" Imagem: Divulgação/HBO

Do UOL, em São Paulo

01/02/2017 17h05

Prestes a estrear a sexta e última temporada de “Girls”, no próximo dia 12, Lena Dunham lembrou como vendeu a série para a HBO: discorrendo sobre a vida da geração millenial, mas sem citar nenhum personagem.

Em entrevista à revista “Hollywood Reporter”, a atriz, roteirista e escritora contou que fez um texto “pretensioso” para a emissora. Na época, ela tinha apenas 23 anos.

“Eu escrevi essa página para a HBO. Era como um poema sobre a vida dos milennials. Não menciona um personagem, nem uma história. ‘Eles são tudo, eles não são nada, eles estão em todos os lugares, eles não estão em lugar nenhum’. Quer dizer, foi a pior venda que você já viu – horrível e pretensiosa – mas eu lembro de escrever, sentada no chão, de lingerie, ouvindo Tegan e Sara e pensando ‘eu sou um gênio’”.               

A estratégia, porém, deu certo. “Não houve uma venda formal, mas por causa de ‘Tiny Furniture’ [filme que Lena dirigiu antes], nós todos acreditamos que esse era um bom indício da série que poderia ser”, afirmou Casey Bloys, presidente de programação da HBO.

No texto enviado a HBO, Lena traçava comparações com outras séries, como “Sex and the City” e “Gossip Girl”: “’Sex and the City’ mostra mulheres que estão no auge de suas carreiras e agora estão pressionadas pelos seus relógios biológicos. ‘Gossip Girl’ é sobre perder a virgindade e ganhar popularidade, num mundo onde ninguém é maduro o bastante para votar ou ter que se preocupar sobre fazer a vida. Mas entre adolescentes e adultos existe uma incômoda fase, quando mulheres saem do ensino médio direto para um mundo sem nenhum glamour ou estrutura. Esse período é doloroso e hilário, e sobretudo muito humano. É humilhante e sexy e engraçado”.

No fim, ela diz que essas mulheres nunca foram mostradas na TV. “Elas são lindas e irritantes. Elas são autoconscientes e obcecadas com si mesmas. Elas são suas namoradas, filhas, irmãs, funcionárias. Elas são minas amigas e eu nunca vi ninguém igual na TV”.

A última cena

Lena ainda contou sobre como foi gravar a última cena da série. “Eu não estava usando calças”, disse, acrescentando que o momento foi cheio de emoção.

“Eu olhei para as árvores, cheirei o ar, e foi um desses momentos em que você pensa ‘quero lembrar exatamente o que isso foi’. Então a Jenni [Konner, showrunner e diretora da série] gritou ‘corta’ e literalmente tinha homens de 60 anos chorando. Foi muito especial, e visto que eu odiei tanto o ensino médio com a faculdade, pensei ‘oh, deve ser assim que as pessoas se sentiam quando estavam tristes [de ter acabado]’”. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos

Topo