Famosos

Socialite Heloisa Faissol é encontrada morta em apartamento no Rio

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

03/02/2017 09h05

A socialite e cantora de funk Heloisa Faissol, de 46 anos, foi encontrada morta no apartamento em que morava em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro.

A informação foi confirmada ao UOL nesta sexta-feira (3) pelo filho da socialite, José Arthur Gerdes (19), que a encontrou sem vida.

O caso está sendo investigado pela 13ª Delegacia de Polícia do Rio, em Ipanema. "Um procedimento foi instaurado para apurar a morte de Heloisa Worms Pinto,  cujo corpo foi encontrado ontem à tarde em um apartamento localizado na Rua Sousa Lima, Copacabana. Perícia foi realizada no local e diligências estão em andamento para esclarecer todas as circunstâncias do ocorrido", informou em nota a assessoria de imprensa da polícia do Rio.

Ainda segundo a polícia, o corpo da socialite "foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para determinar a causa da morte". O corpo será cremado no sábado, às 11h, na capela 9 do Memorial do Carmo, no Rio.

Divulgação/TV Record
Heloísa Faissol participou de "A Fazenda 7", em 2014 Imagem: Divulgação/TV Record
Heloisa Worms Pinto, mais conhecida como Heloisa Faissol, ficou famosa como Helô Quebra Mansão com o hit "Dou Pra Cachorro". Ela ficou em terceiro lugar no reality show "A Fazenda", em 2014. A socialite era cunhada do cantor e compositor João Gilberto e filha do renomado dentista Olympio Faissol. 

A funkeira deixa um filho, José Arthur, fruto de relacionamento com o dentista Renê Gardes. Em 2012, quando o rapaz tinha ainda 15 anos, os dois disputaram na Justiça a guarda do garoto.

Faissol adotou o nome "Helô Quebra-Mansão", em alusão a Tati Quebra-Barraco, quando começou a cantar funks e organizar festas no Morro da Babilônia. A socialite morou na Suíça e na França e tem formação em marketing.
 
Paixão platônica por Chico Buarque
Heloisa Faissol tinha grande admiração pelo músico Chico Buarque. No reality "A Fazenda", ela contou como conseguiu roubar um beijo do ídolo
 
"Passei muitos anos da minha vida perseguindo ele. Ia no futebol, ia em todos os restaurantes atrás dele. Quando eu ia no futebol, subia no teto do carro dele e ficava gritando: 'Vai, Chico'", lembrou.
 
Ela disse que, depois de perseguir o cantor por anos, conseguiu dar um beijo nele. "Consegui tirar um beijo dele, mas na base da sacanagem", disse. De acordo com a socialite, Chico aceitou beijá-la com a condição de que ela parasse de persegui-lo. 

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Chico Barney
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
AFP
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
Topo