Topo

Reality shows

O.J. Simpson pode ganhar reality show quando sair da prisão, diz site

Reprodução
OJ Simpson depõe durante o julgamento de assassinato em que foi réu nos Estados Unidos Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

10/03/2017 09h51

O.J. Simpson pode ser libertado da prisão ainda em outubro deste ano e, segundo o site especializado em celebridades TMZ, algumas produtoras de TV já estão elaborando propostas de reality shows com o ex-atleta.

Os formatos mais visados são os de documentário e programa de entrevistas. Há também a expectativa de que alguma emissora tente recriar um especial de TV que a Fox tentou exibir em 2006, chamado “If I Did It”. Nele, Simpson diria como teria cometido os assassinatos de sua ex-mulher Nicole Brown e do amigo dela, Ronald Goldman. O projeto, porém, foi cancelado após as reações negativas do público.

De acordo com produtores ouvidos pelo TMZ, é pouco provável que um programa sobre Simpson vá ao ar em um canal aberto, já que ele seria rejeitado tanto por público quanto anunciantes. Já em canais tipo pay-per-view, o reality seria mais bem-vindo, já que “as pessoas poderiam pagar para ver sem ser julgadas”.

O.J. Simpson foi acusado de matar Nicole Brown e Ronald Goldman em 1994, mas foi inocentado em uma ação criminal. Pouco depois, porém, ele foi considerado responsável pelas mortes em uma ação civil e condenado a pagar US$ 33 milhões às famílias das vítimas. Como ele ainda deve esse dinheiro, é possível que qualquer quantia que ele ganhe por um programa de TV seja destinada para o cumprimento dessa decisão judicial.

Recentemente, a história do ex-jogador de futebol americano foi explorada em duas produções de grande sucesso: a série “People vs O.J. Simpson: American Crime Story”, que ganhou vários prêmios Emmy, e o documentário da ESPN “O.J.: Made in America”, vencedor do Oscar de melhor documentário neste ano.

Atualmente, Simpson cumpre pena em uma penitenciária dos Estados Unidos por sequestro e roubo à mão armada, entre outros crimes. Ele foi condenado a 33 anos de prisão. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!