Topo

TV e Famosos

Após impasse, "Big Bang Theory" é renovada, mas astros têm salário reduzido

Divulgação
Bernadette (Melissa Rauch), Howard (Simon Helberg), Leonard (Johnny Galecki), Penny (Kaley Cuoco), Sheldon (Jim Parsons), Amy (Mayim Bialik) e Raj (Kunal Nayyar) em cena da série "The Big Bang Theory" Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

20/03/2017 15h54

Após impasse, a série "The Big Bang Theory" foi renovada para mais duas temporadas pela rede norte-americana CBS e a Warnes Bros. Television. A comédia chegará pelo menos até o 12º ano, porém os protagonistas receberão salário menor para ajudar a manter o elenco principal completo.

De acordo com o site Hollywood Reporter, a série foi renovada mesmo sem acertar com parte do elenco. Mayim Bialik (Amy) e Melissa Rauch (Bernadette) ainda estão sem contratos, porém as duas atrizes são esperadas para confirmar presença nas novas temporadas.

Segundo a publicação, as estrelas Jim Parsons (Sheldon), Johnny Galecki (Leonard) e Kaley Cuoco (Penny) receberão US$ 900 mil por episódio (nas últimas temporadas, eles ganhavam US$ 1 milhão mais lucros).

Simon Helberg (Howard) e Kunal Nayyar (Raj) levam o mesmo salário dos demais protagonistas. A redução ajudaria a finalizar o acordo com as duas atrizes restantes. A CBS e a Warner não confirmaram se o 12º ano de "Big Bang Theory" será o último da série.

Cada episódio de "Big Bang Theory" custa US$ 10 milhões, porém o gasto elevado é recompensado pela liderança de audiência nos Estados Unidos no público total e nas faixas de 18 a 49 anos e de 25 a 54 anos.

A CBS anunciou a produção do spin off "Young Sheldon", sobre a infância do protagonista. Será narrado por Jim Parsons, que também é produtor executivo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos