Topo

Televisão

Morre criador do programa que inspirou show de calouros de Silvio Santos

Divulgação/NBC
Barris na estreia do "The Gong Show" Imagem: Divulgação/NBC

Do UOL, em São Paulço

22/03/2017 03h48

Morreu nesta terça-feira (21), aos 87 anos, o apresentador e produtor norte-americano Chuck Barris. Ele se tornou famoso nos Estados Unidos por produzir programas como "The Gong Show", também apresentado por ele, e "The Dating Game" - os quais acabaram, anos depois, inspirando o "Show de Calouros" e o "Namoro na TV" de Silvio Santos.

Segundo seu assessor, Paul Shefrin, informou à agência Associated Press, Charles Hirsch "Chuck" Barris morreu de causas naturais em casa, em Nova York.

Barris tornou-se produtor com a fundação da Chuck Barris Productions, em 1965, mesmo ano de sua primeira criação, o "The Dating Game", apresentado por Jim Lange e levado ao ar na ABC durante mais de uma década.
 
Depois de alguns programas sem sucesso, Barris estreou "The Gong Show" na NBC, em junho de 1976. Ele comandava a atração. Três jurados acompanhavam a apresentação dos artistas que se inscreviam, geralmente bem ruins, e, quando não mais os aguentavam, soavam o gongo, pondo fim ao espetáculo. Os não gongados eram classificados e, ao final, o melhor (ou menos pior) levava um prêmio em dinheiro.
 
Segundo o "The New York Times", o programa se tornou sensação nos Estados Unidos e tinha muita audiência. Em determinado momento, chegou a atingir 78% dos telespectadores entre 18 e 49 anos. Foi exibido na NBC até 1978. 
 

A autobiografia de Barris, "Confissões de uma Mente Perigosa", de 1982, foi adaptada para o cinema, em 2002, sob a direção de George Clooney. 

Barris era casado com Mary Clagett, sua terceira mulher. Com a primeira delas, Lyn Levy, Barris teve uma filha, Della, que morreu de uma overdose de álcool e cocaína em 1998, aos 36 anos.

Bebeto Matthews/AP
Chuck Barris, em foto de 2002, em seu apartamento em Nova York Imagem: Bebeto Matthews/AP

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!