Topo

Televisão

"O protagonismo eu deixei para lá", diz Mônica Iozzi sobre "Vade Retro"

Ramon Vasconcelos/Divulgação/TV Globo
Monica Iozzi é Celeste em "Vade Retro" Imagem: Ramon Vasconcelos/Divulgação/TV Globo

Natália Guaratto

Do UOL, em São Paulo

06/04/2017 13h02

A série "Vade Retro", que vai ao ar em 20 de abril, vai marcar a estreia de Mônica Iozzi como protagonista na Globo. A atriz, no entanto, não se vê como a estrela principal da atração. "Não parei para pensar nessa questão da protagonista. A gente começou o trabalho de preparação muito antes e como um grupo. Tivemos 40 dias de preparação e eu me senti numa trupe", disse Iozzi durante evento de lançamento da atração em São Paulo.

Em "Vade Retro", Iozzi interpreta Celeste, uma advogada ingênua que conhece o milionário Abel Zebu e tem a vida transformada pelas atitudes inescrupulosas do personagem vivido por Tony Ramos.

"Não vejo um protagonismo no sentido de estamos contando a história da Celeste. Estamos contando a história de todo mundo que precisa lidar com esse homem. Então a questão do protagonismo eu deixei para lá", continuou Iozzi.

Divulgação/TVGlobo
Em "Vade Retro", Iozzi interpreta Celeste, advogada ingênua que conhece o milionário Abel Zebu e tem a vida transformada pelas atitudes inescrupulosas do personagem de Tony Ramos Imagem: Divulgação/TVGlobo
A atriz também contou que não tem muitas coisas em comum com a personagem, mas que os espectadores irão se identificar. "Todos os personagens são muito ambíguos. Os personagens são muito ricos. Não tem o vilão, não tem a mocinha", afirmou Iozzi.

Escrita por Alexandre Machado e Fernanda Young, "Vade Retro" tem direção artística de Mauro Mendonça Filho. Além de Iozzi e Tony Ramos, o elenco tem Maria Luisa Mendonça, Juliano Cazarré e Maria Casadevall.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!