Famosos

Luana Piovani comenta casos de agressões e cita Dolabella e Kadu Moliterno

Reprodução/Instagram
Luana Piovani desabafa sobre casos de agressões em seu canal no Youtube Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, no Rio

07/04/2017 12h32

Após a repercussão do caso de assédio sexual cometido pelo ator José Mayer, Luana Piovani elogiou a coragem da figurinista Su Tonani, relembrou a agressão que sofreu de Dado Dolabella e citou ainda os casos envolvendo Kadu Moliterno, Garrincha e o goleiro Bruno em um vídeo publicado recentemente em seu canal no Youtube.

"Kadu Moliterno, que já foi meu par, bateu na esposa, ela saiu na capa da revista 'Veja' dizendo: 'Não foi a primeira vez' e eu não soube de condenação. Continua trabalhando, fazendo novelas, posando com as novas namoradas nestas revistas sensacionalistas", comentou Piovani.

O ator, contratado da Record, já foi acusado de agredir sua ex-mulher Ingrid Saldanha e também a ex-namorada, a modelo Brisa Ramos em 2014. Moliterno se manifestou nesta sexta-feira (7) através de sua assessoria de imprensa.

"Lamento profundamente a atitude de minha colega, totalmente desnecessária e desprovida de legitimidade, trazer um assunto acontecido há 12 anos e resolvido nos termos legais é passível de processo. Tenho com minha família, uma relação de amor e amizade. Atualmente estou casado com uma mulher maravilhosa, cercado de paz, amor cumplicidade e respeito! Estou muito triste, pois essa inconsequência atingiu toda minha família, esposa e amigos!", disse ele que está casado com a fisiculturista Cristianne Rodrigues.

No desabafo, Luana relembrou a agressão sofrida por Dado Dolabella em 2008 na boate 00, na Gávea, Rio de Janeiro, onde a atriz comemorava a estreia da peça "Pássaros da Noite".

"Vocês imaginam como eu me senti vendo o Dado Dolabella ganhar dois milhões seis meses depois de enfiar a mão na minha cara?", comentou. Dado venceu "A Fazenda" em 2009 e faturou na verdade R$ 1 milhão.

No vídeo, publicado no canal do Youtube de Luana Piovani, ela comenta ainda casos envolvendo o jogador Garrincha e o goleiro Bruno.

"Garrincha enchia Elza Soares de porrada e ele é lembrado como um herói aqui no Brasil... Bruno, nem o corpo ele disse onde estava e foi contratado. Ele chama matar uma mulher grávida de erro, não de crime. Ele está aqui dando autógrafo, ganhando um puta de um salário...", disse, relembrando o crime envolvendo Eliza Samudio.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
TV e Famosos
UOL Estilo
TV e Famosos
UOL Entretenimento
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Da Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Chico Barney
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo