Famosos

Cantor Victor vira réu em processo que investiga possível agressão a mulher

Divulgação/TV Globo Reprodução/Instagram/victorchaves
Victor Chaves Imagem: Divulgação/TV Globo Reprodução/Instagram/victorchaves

Carlos Eduardo Cherem

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

10/04/2017 15h44

A Justiça de Minas Gerais aceitou a denúncia do Ministério Público Estadual e confirmou na última sexta-feira (7) que o cantor Victor Chaves agora é réu em processo por contravenção penal. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, nesta segunda-feira (10).

Ainda de acordo com o Forúm o processo corre em segredo de Justiça e não tem mais informações para divulgar por qual contravenção o cantor foi denunciado.

Poliana Bagatini Chaves, 29, grávida do segundo filho com o cantor, prestou queixa em fevereiro, alegando que o marido a tinha agredido no condomínio onde moram em Belo Horizonte. Em depoimento, o cantor negou a agressão, mas foi indiciado pela Polícia Civil de Minas Gerais por “vias de fato” (agressão sem deixar lesões aparentes), o que pode render-lhe, caso seja condenado, entre 15 dias e três meses de prisão.

A assessoria do cantor e sua defesa ainda não se manifestaram sobre a aceitação da denúncia pela Justiça.
 
Victor foi indiciado pela polícia por suspeita de agredir a mulher no condomínio onde moram, em Belo Horizonte, após uma briga no apartamento da mãe do cantor, que também mora no mesmo prédio.
 
A polícia concluiu pelo indiciamento de Vitor pela contravenção penal prevista no artigo 21, do Decreto Lei 3.688, “vias de fato”, semana passada.
 
Logo depois, em rede social, ele se defendeu.
 
“Fui indiciado legalmente por vias de fato, contravenção. Ou seja, eu não machuquei ninguém. O que eu pratiquei foi um ato de desespero para conter uma pessoa que estava completamente fora de si de pegar uma criança de um ano. E pela minha filha, o que eu fiz, eu faria de novo. Então, tudo está sendo apurado devidamente”.
 
O defensor do cantor, o advogado Felipe Martins, também disse que o inquérito feito pela polícia provou que Victor não havia machucado a mulher.
 
“No momento em que ele percebe o que aconteceu com a mãe, aquela situação com que ele se deparou, ele então identifica que há um risco concreto para a filha de um ano, e ele em momento algum machuca a mulher”, afirmou Martins.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo