Televisão

Sucesso na TV, Anitta "velhinha" de Silvio diz que venceu timidez rebolando

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

03/07/2017 04h00

A "Anitta" de Silvio Santos tem 70 anos e muita disposição para rebolar. A atriz Therry Klotzel, do quadro "Os Velhinhos se Divertem", faz sucesso imitando os clipes da cantora no SBT. O primeiro foi "Bang", em 2016. No último domingo (2), arrasou ao dançar "Paradinha" no vídeo exibido no "Programa Silvio Santos".

O UOL acompanhou a gravação da versão "velhinha" de "Paradinha" no centro de São Paulo. Therry "virou" Anitta dentro da van do SBT: foi maquiada, ganhou adereços e vestiu a blusinha e o michoshorts idênticos ao look da cantora, confecciondos especialmente para o clipe. Também usou uma peruca com as tranças de Anitta, só que grisalha.

Paulo Pacheco/UOL
Therry Klotzel é maquiada antes de gravar "Paradinha" Imagem: Paulo Pacheco/UOL
Therry, porém, confessa que não é fácil se transformar na cantora: "Existe uma diferença muito grande. Eu não tenho aquele molejo todo da Anitta. Afinal, tenho 70 anos, nessa altura acho que sou avó dela (risos). Mas a gente se esforça. Procuro dar uma modelagem não cômica, mas dentro da minha flexibilidade e da minha idade".

A atriz aprendeu a coreografia de "Paradinha" em aulas de dança, mas precisou levar uma coreógrafa para repetir o movimento exato da cantora. E foi bastante exigida. "Mais peito!", "Mais rebolado!", gritava a profissional. "O diretor fica assim: 'Empina, puxa a barriga, sorri!' Nem na prática eu faço isso com tanta destreza", brinca.

Therry admite que "Bang" e "Paradinha" não estão em sua playlist: "Sou saudosista. Gosto ainda de escutar Frank Sinatra, Elton John, Beatles, Bee Gees, Tony Bennett". A atriz, contudo, adorou ter imitado a coreografia e manda um recado para a cantora.

Anitta, sua coreografia está ótima! Eu tentei fazer o máximo dentro das minhas possibilidades físicas, sabe? E deixa eu te falar. Seja você mesma, vá em frente, siga sua intuição. O céu é o limite!

"Velhinhas" empoderadas

Na gravação, Therry repetiu quase perfeitamente todos os passos de Anitta: desfilou, arriscou pole dance no poste e empinou o bumbum. Também sensualizou ao simular uma dor nas costas. A brincadeira com os velhinhos, porém, é saudável para a atriz.

"O mais importante é mostrar para o pessoal da terceira idade que acabou aquele tempo de não ter emoção, não realizar coisas que gostaria de fazer. Em uma brincadeira dessa, você aprende a dançar e perde a timidez. Para mim, foi ótimo. Aprendi a ser atrevida", comemora.

A empoderada Therry também ajudou outras mulheres a perderem o medo de mostrar o corpo e suas imperfeições. A atriz não sente vergonha de exibir suas celulites e se aceita como é por causa do quadro de Silvio.

"Nasci com celulite até na garganta. Não ia nem à piscina. Perdi muita coisa. Hoje, minha celulite é conhecida no Brasil, na América do Sul e na África. Isso não reduz minhas atividades e emoções. Tive coragem de mostrar, e as mulheres me encontram na rua e comentam: 'Que bacana, você se mostra, não esconde, isso é ótimo'."

Na rua, o pessoal vem muito amigavelmente. Uns pedem autógrafo, porque agora é selfie. Mas eu controlo esses pedidos mais audaciosos. Tem sim, mas vou cortando.

Montagem/UOL
Anitta em "Paradinha" e Therry Klotzel no clipe para o quadro "Os Velhinhos se Divertem" Imagem: Montagem/UOL

De jornalista aposentada a "velhinha" sensual

Therry Klotzel é o nome artístico de Terezinha Oliveira, mineira que mora em São Paulo há mais de 40 anos. Dos 13 atores de "Os Velhinhos se Divertem", entre 50 e 82 anos, ela é a única que está desde o início do quadro, em março de 2011.

A atriz entrou no quadro de maneira curiosa. Ela trabalhava como jornalista de turismo e, quando estava prestes a se aposentar, decidiu aprender uma profissão nova. Cursou a Escola de Atores Wolf Maya, e seu primeiro teste foi para o quadro do SBT.

"O teste já era gravando. Fiquei assustadíssima. Eu perguntava se a gente queria fazer sexo em grupo. Aquilo para mim foi estranho, mas passei", relembra. Therry também é modelo, faz palestras e conta que a mudança de profissão impressionou pessoas próximas: "Levei 60 anos para falar porra. Hoje até faço sinal!".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
TV e Famosos
UOL Entretenimento
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Ricardo Feltrin
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo