Topo

Famosos

Mateus Solano critica crise da cultura no Rio e cita bebê baleado no útero

Reprodução/TV Globo
Mateus Solano no "Encontro com Fátima Bernardes" Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

07/07/2017 11h55

Mateus Solano fez uma crítica sobre a violência do Rio de Janeiro relacionando com a crise de incentivo à cultura. No "Encontro com Fátima Bernardes" desta sexta (7), o ator citou como exemplo o caso do bebê que foi baleado ainda na barriga da mãe há uma semana em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

"[Com a cultura] A capacidade de reflexão aumenta. Por isso há tanta falta de incentivo à cultura porque não interessa a ninguém que a gente pense, se organize e queira mudar. Interessa que fiquemos em casa, cada um nas suas telas, e ignorando uma criança que é baleada no útero da mãe. Cadê, prefeito?", disse ele.

Renata Sorrah também aproveitou sua participação no programa para fazer sua crítica:

"Todos os países que investiram em cultura sabem que a violência diminui. É dar para as pessoas algo da magia, da fantasia e da vida maravilhosa que pode ser".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!