Famosos

Simone e Simaria choram morte do pai: "Muito complicado achar o corpo"

Reprodução/Globo
Simaria e Simone choram ao lembrar a morte do pai no "Conversa com Bial" Imagem: Reprodução/Globo

Colaboração para o UOL

14/07/2017 08h16

Simone e Simaria se emocionaram durante o "Conversa com Bial", ao relembrarem a morte do pai. Elas contaram que não desistiram de encontrar o corpo do garimpeiro e dar um enterro digno a ele.

"Faz 21, 22 anos que ele faleceu, era incrível, maravilhoso, éramos apaixonadas por ele. Íamos com ele pro garimpo, a gente via gente morta pelo chão, as coisas ruins. Ele estava lá buscando uma pedra preciosa para dar uma vida melhor para a família", disse Simaria, que não conteve as lágrimas em seguida.

"Ele foi enterrado como indigente e está muito complicado achar o corpo. Choveu muito, a enxurrada levou as covas, tem que exumar, é todo um processo. Quando ele morreu eu ia fazer 11 anos, era louca por ele. Fui dormir e via ele deitado do meu lado, como se estivesse me olhando. Eu disse: 'Quando eu fizer sucesso, pode custar o dinheiro que for, eu venho te tirar desse lugar'. Eu prometi, disse para ele que ia buscá-lo", emocionou-se.

Vendo o estado emocional que as deixou ao puxar o assunto, Bial levantou da bancada e foi até o sofá entregar lenços de papel para as duas. "Desculpa, meu amor, achei que era um assunto que vocês gostavam de falar". Em seguida, elas continuaram. "Minha mãe sofreu tanto, meu Deus, trabalhava lavando roupa dentro do rio para ajudar meu pai a ter mais dinheiro e ter mais comida em casa. Nossa vida não foi nada fácil, acho que nossa história encoraja as pessoas a buscarem o novo, a partir para a luta".

"Dar a roda"

Mas nem só de tristezas foi o papo. Elas relembraram a participação no "Altas Horas", quando Simone quis saber da sexóloga Laura Müller como "dar a roda". "Quem quiser dar a roda, é sua, faça o que quiser, mas é um sofrimento desgraçado, pode ter a vaselina que for", disse Simone, para divertimento da plateia.

O apresentador então leu um trecho de "A Casa dos Budas Ditosos", de João Ubaldo Ribeiro, para que elas se inteirassem melhor do assunto. Simone se surpreendia a cada trecho. "De quatro? Você está maluco? Está errado, colega. É um milagre mesmo dar a roda".

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

TV e Famosos
TV e Famosos
AFP
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
do UOL
Beleza
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
do UOL
TV e Famosos
Topo