A Força do Querer

"O grande vilão é o Ruy", diz Bruna Linzmeyer sobre "A Força do Querer"

Estevam Avellar/Divulgação/TV Globo
Bruna acredita na redenção de Cibele, mas não sabe se vai durar muito Imagem: Estevam Avellar/Divulgação/TV Globo

Felipe Abílio

Do UOL, em São Paulo

28/07/2017 18h34

Bruna Linzmeyer está feliz com a trajetória de Cibele em “A Força do Querer”. Após começar a trama com uma personagem tranquila e linear, a atriz teve que se transformar para fazer a versão de Cibele surtada após descobrir que foi traída por Ruy e enganada pela família dele. Para Bruna, as atitudes da personagem são o reflexo do que ela passou.

“A Cibele foi muito machucada, aquilo não só foi uma traição, ela foi enganada por todo mundo, pela família do Ruy, pelo pai e isso provocou ela. O que ela fez dali em diante -- não com razão -- foi colocar essa raiva para fora. Concordo que ela deveria seguir a vida dela, não acho que ela está certa, mas o Ruy foi um grande babaca, o grande vilão é ele”, disse.

A atriz contou que a redenção de Cibele está próxima, mas não sabe se ela vai deixar a paz reinar na vida de Ruy para sempre.

“A princípio ela descobre a história do DNA e entrega para o Ruy, ali ela a acalmar, ela meio que dá o troco que ela diz que queria, mas não sei se a redenção dura”.

Apesar de ter vários trabalhos no currículo, essa é a primeira experiência de Bruna com Glória Perez e a atriz diz que o sucesso da novela com o público também é o reflexo de como é o clima nos bastidores.

“O Papinha (Rogério Gomes) é um excelente diretor, um maestro na equipe. A Glória é genial, então obviamente isso está na tela. Desde o começo olhando os capítulos, percebo que ela deixa brechas para a gente brincar, criar junto, ela é muito criativa. Temos um cotidiano muito tranquilo, muito agradável para toda a equipe”.

Vida Pessoal

Reprodução/Instagram/brunalinzmeyer
Bruna e a namorada Priscila Imagem: Reprodução/Instagram/brunalinzmeyer
Namorando com Priscila Visman, Bruna demonstra que não tem problema em falar da sua vida pessoal quando questionada e assumir sua bissexualidade nunca foi uma questão de esconder ou não.

“Para mim sempre foi natural e não era possível esconder, sabe? Não estou falando sobre isso, levantando a mão, mas não estou escondendo. Isso é muito importante para mim, para minha ética, para a maneira como eu fui educada, para as coisas que eu acredito, assim eu me sinto bem. Meu cuidado é só que isso não fique maior que o meu trabalho, isso é parte do que eu sou, de quem eu acredito no mundo e o artista tem o papel também de falar coisas que as pessoas escutam”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Estadão Conteúdo - Política
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Chico Barney
TV e Famosos
"Fui marmita de traficante"
TV e Famosos
UOL Esporte
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo