Topo

TV e Famosos

"A gente nunca bota a culpa no homem", diz Débora Falabella sobre traição

Reprodução/Globo
Débora Falabella no "Mais Você" Imagem: Reprodução/Globo

Do UOL, no Rio

10/08/2017 09h55

Débora Falabella e Maria Fernanda Cândido falaram sobre a relação de Irene e Joyce em "A Força do Querer" no "Mais Você" desta quinta-feira (10).

"A gente tem que se dar bem num trabalho assim porque a gente lida com tanto ódio na cena que ele só funciona se a gente se der bem", disse intérprete de Irene.

Débora disse que sua personagem é indefensável, mas acredita que a sociedade precisa tirar a culpa só da amante no caso de uma traição como aconteceu com Irene e Eugênio (Dan Stulbach), marido de Joyce.

"Acho que a gente nunca bota a culpa no homem. É uma coisa da nossa sociedade de falar sobre a outra mulher e nunca é questionado se o homem quis também. A primeira a ser acusada é a mulher, mas acho que vivendo a Irene, antes de saber todos os crimes sobre ela, pra mim ficou muito claro como que realmente a sociedade mira direto na outra mulher. É muito machista", opina.

"Ela é uma mau caráter, mas acho que a conta está muito para um lado só. É cultural, mas é até interessante a gente falar isso para quebrar esse problema de uma mulher com outra mulher", completa.

Maria Fernanda Cândido concordou com Débora:  "O Eugênio deveria dividir essa responsabilidade com a Irene porque ele é o casado. Ela é solteira".

"A Irene é indefensável, com um caráter muito duvidoso, considerada a vilã da história, mas ao mesmo tempo é uma mulher que gosta de viver de uma maneira muito aventureira, é

uma mulher muito corajosa. Claro que ela tem um passado muito obscuro. A gente vai sabendo cada vez mais da personagem ao longo da trama", disse Falabella.
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos