TV e Famosos

Repórter de afiliada da Globo é roubada em evento que recebeu autoridades

Reprodução/Facebook
Marcela Pierotti, repórter da TV Tribuna, ainda foi ameaçada Imagem: Reprodução/Facebook

Eduardo Carneiro

Colaboração para o UOL

10/08/2017 11h56

Uma repórter da TV Tribuna, afiliada da Rede Globo no litoral de São Paulo, foi ameaçada e roubada por um ladrão enquanto trabalhava na cobertura de um evento na cidade de São Vicente nesta quarta (9).

Marcela Pierotti acompanhava a a inauguração de três novos equipamentos do Terminal Barreiros do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) da Baixada Santista, que contou com a presença de várias autoridades do Estado, dentre as quais o vice-governador Márcio França (PSB). Mas a grande movimentação não foi suficiente para intimidar o assaltante.

Segundo o UOL apurou com a emissora, a jornalista foi surpreendida por um indivíduo de bicicleta quando teve que se dirigir ao carro de reportagem, estacionado próximo ao local, para carregar seu aparelho celular.

O suspeito então teria dito que estava armado e ameaçou atirar caso Marcela Pierotti não entregasse sua aliança de ouro. Ele fugiu do local com o objeto. A repórter registrou boletim de ocorrência no 2º Distrito Policial de São Vicente e está trabalhando normalmente nesta quinta.

Em nota enviada ao UOL, a Polícia Militar do Estado de São Paulo informou que “imediatamente após o fato e com os dados fornecidos pela profissional de jornalismo, iniciou ações para tentar identificar e deter o infrator o que levou a prisão de duas pessoas com simulacro de arma de fogo, infelizmente não sendo reconhecido como sendo o que efetuou o roubo”.

A PM afirmou ainda que imagens de câmeras de segurança nas imediações estão sendo levantadas na tentativa de identificar o autor do crime e que os cidadãos que tiverem alguma informação podem colaborar, com o anonimato garantido, pelos telefones 190 (Polícia Militar) ou via Disque Denúncia (181 ou pelo website).

Para a PM, o caso envolvendo a repórter “demonstra que roubadores agem de forma oportuna, aguardando o momento certo para fazer novas vítimas, e, apesar de constantemente haver presença de viaturas e policiamento pelo local, os marginais continuam a cometer ilícitos, havida a audácia dos criminosos”.

A Diretoria da Regional de Santos e Baixada Santista do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo emitiu nota manifestando “repúdio à falta de segurança pública na região e apoio incondicional à repórter da TV Tribuna” envolvida no caso.
 
O sindicato ainda lamenta que o suspeito sequer foi identificado mesmo tendo cometido o delito no evento repleto de autoridades do Estado. O fato, segundo o comunicado, “demonstrou que a segurança pública do Estado está definitivamente de joelhos diante da criminalidade, que cresce a olhos vivos na região, apesar de o governador Geraldo Alckmin (PSDB) sempre alardear o contrário”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo