Topo

Televisão

Repórter da Globo é expulso por policial durante transmissão ao vivo

Reprodução/TV Globo
Pedro Figueiredo foi expulso durante transmissão ao vivo, no "Jornal Hoje" Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

17/08/2017 14h12

O repórter da TV Globo Pedro Figueiredo levou bronca e foi expulso por um agente policial, enquanto falava ao vivo com o apresentador Donny de Nuccio, no "Jornal Hoje", nesta quinta-feira (17).

Figueiredo, que está de férias em Barcelona, atendeu a um pedido da emissora para entrar ao vivo, via internet, com as últimas informações sobre o suposto ataque terrorista, que deixou ao menos um morto e 32 feridos --10 em estado grave--, na Espanha.

"Oi, Donny. Estou aqui na praça de La Universidad, que fica mais ou menos a 250 metros da praça da Catalunya, onde aconteceu esse atentado. A gente está aqui, acompanhando...", dizia ele, ao ser interrompido por um policial, que colocou a mão na câmera e pediu para que saísse do local.

Em seguida, as imagens foram cortadas para o estúdio do telejornal, em São Paulo, e De Nuccio disse apenas que "havia  perdido o contato com o correspondente".

Minutos depois, Figueiredo reapareceu na Globo News explicando que o policial havia tentado tirar o seu celular da mão, quando tentava fazer a transmissão ao vivo.

No Twitter, Dony De Nuccio também esclareceu o episódio em mensagem enviada ao colunista do UOL Mauricio Stycer. "Não soubemos na hora. E infelizmente era final do jornal. Foi um policial que interrompeu a transmissão. Nosso repórter está bem", pontuou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!