Topo

Famosos

Daniela Mercury confessa ciúme da mulher e diz: "É divertidíssimo ser gay"

Reprodução/YouTube
Matheus Mazzafera entrevista Daniela Mercury Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL

29/08/2017 17h32

Casada há quatro anos com a jornalista Malu Verçosa, Daniela Mercury falou sobre sexualidade e preconceito em uma entrevista para o canal no YouTube de Matheus Mazzafera.

"Eu não gosto de rótulos, porque rótulos são limites. Mas aí você vai dizer 'por que Daniela, você não gosta de falar que é gay?'. Não, eu falo que sou gay porque é uma questão da luta nossa. Quando a gente é criança, a gente ama todo mundo, não fica distinguindo. É uma visão que tem muito a ver com toda a construção da nossa civilização. Acho engraçado que as pessoas acham que ser gay é algo muito estranho. 'Não sei como falar desse assunto. Como você fala de gente? Qual a diferença? De vez em quando é ridículo ter que usar rótulos para lutar pela igualdade de direitos e pelo direito de existir em paz e não sofrer violência, chacota", desabafou ela.

Apesar de não gostar de nominações, ela brincou: "Eu não sou só gay não, eu sou sapa, sapatinha, girina, sapatilha (risos)".

Daniela confessou que ela e Malu são bem ciumentas uma com a outra. "Não dá nem pra dialogar. Tem um dia ou outro que as conversas passam ali por um ex, uma ex, mas normalmente isso gera confusão. É ciúme de tudo, é amor de mais, é paixão. Não dá. É posse, é loucura. Todo amor muito intenso não cabe mais nada e nem ninguém", disse.

Ao final, Daniela falou de preconceito e que as pessoas precisam parar de colocar barreiras uma entre as outras. "É divertidíssimo ser gay. Quando a gente é criança o mundo não tem parede. Aprendam a tirar a parede de tudo, de vocês mesmo, não se encarcerem, não entrem no quadradinho. Mantenham a liberdade, a pureza que vocês tinham quando crianças", declarou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!